Haddad aparece isolado em segundo e polariza com Bolsonaro, diz CNT/MDA

Pesquisa CNT/MDA divulgada nesta segunda-feira (17) pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) traz como principal novidade a ascensão para o segundo lugar do novo candidato do PT a presidente, Fernando Haddad. Este é o primeiro levantamento em que Haddad aparece isolado na vice-liderança, fora da margem de erro. Segundo a sondagem, o petista soma 17,6% das preferências, atrás apenas de Jair Bolsonaro (PSL), com 28,2%. Ciro Gomes (PDT) tem 10,8%, Geraldo Alckmin (PSDB), 6,1%, e Marina Silva (Rede), 4,1%.

Nas simulações de segundo turno entre os quatro primeiros colocados, Bolsonaro empata com Ciro e Haddad e vence Geraldo Alckmin. O pedetista aparece em vantagem contra o petista e o tucano. Pela projeção, Haddad venceria Geraldo Alckmin em uma nova rodada de votação.

Mas, alertam os próprios autores da pesquisa, os elevados percentuais de votos em branco, nulos e de eleitores indecisos, reforçam a percepção de indefinição sobre o resultado das eleições ao final de um provável segundo turno.

Haddad também aparece em segundo lugar, mas em empate técnico com Ciro, em pesquisa FSB/BTG Pactual, divulgada também nesta segunda.

Veja os números da pesquisa estimulada, aquela em que o nome do candidato é apresentado ao eleitor:

Bolsonaro - 28,2%
Haddad - 17,6%
Ciro - 10,8%
Alckmin - 6,1%
Marina - 4,1%
Amoêdo - 2,8%
Alvaro Dias - 1,9%
Meirelles - 1,7%
Daciolo - 0,4%
Boulos - 0,4%
Vera Lúcia - 0,3%
Eymael - 0%
João Goulart Filho - 0%
Brancos/nulos - 13,4%
Indecisos - 12,3%

Veja os números da pesquisa espontânea, aquela em que não é apresentado o nome de qualquer candidato:

Jair Bolsonaro - 23,7%
Fernando Haddad - 9,1%
Lula - 7,5%
Ciro Gomes - 6,3%
Geraldo Alckmin - 2,8%
João Amoêdo - 1,8%
Marina Silva - 1,7%
Alvaro Dias - 0,9%
Outros - 1,0%
Branco/nulo - 13,9%
Indeciso - 31,3%

Votos consolidados

Entre os eleitores de Jair Bolsonaro, 78,2% consideram a decisão de voto como definitiva. Também assumem essa posição 75,4% dos eleitores de Fernando Haddad; 49,1% de Ciro Gomes; 48,4% de Geraldo Alckmin, e 44,4% de Marina.

2º TURNO: Intenção de voto estimulada

CENÁRIO 1: Ciro Gomes, 37,8%; Jair Bolsonaro, 36,1%; Branco/Nulo, 19,6%; Indecisos, 6,5%.

CENÁRIO 2: Jair Bolsonaro, 39,0%; Fernando Haddad, 35,7%; Branco/Nulo, 18,2%; Indecisos, 7,1%.

CENÁRIO 3: Jair Bolsonaro, 38,6%; Henrique Meirelles, 25,7%; Branco/Nulo, 27,2%; Indecisos, 8,5%.

CENÁRIO 4: Jair Bolsonaro, 38,2%; Geraldo Alckmin, 27,7%; Branco/Nulo, 26,3%; Indecisos, 7,8%.

CENÁRIO 5: Jair Bolsonaro, 39,4%; Marina Silva, 28,2%; Branco/Nulo, 25,6%; Indecisos, 6,8%.

CENÁRIO 6: Ciro Gomes, 38,1%; Fernando Haddad, 26,1%; Branco/Nulo, 26,6%; Indecisos, 9,2%.

CENÁRIO 7: Ciro Gomes, 43,5%; Henrique Meirelles, 14,8%; Branco/Nulo, 31,6%; Indecisos, 10,1%.

CENÁRIO 8: Ciro Gomes, 39,6%; Geraldo Alckmin, 20,3%; Branco/Nulo, 30,5%; Indecisos, 9,6%.

CENÁRIO 9: Ciro Gomes, 43,8%; Marina Silva, 17,1%; Branco/Nulo, 31,0%; Indecisos, 8,1%.

CENÁRIO 10: Fernando Haddad, 35,7%; Marina Silva, 23,3%; Branco/Nulo, 32,3%; Indecisos, 8,7%.

CENÁRIO 11: Marina Silva, 27,9%; Henrique Meirelles, 23,2%; Branco/Nulo, 38,8%; Indecisos, 10,1%.

CENÁRIO 12: Geraldo Alckmin, 28,4%; Marina Silva, 25,3%; Branco/Nulo, 37,5%; Indecisos, 8,8%.

CENÁRIO 13: Fernando Haddad, 33,1%; Geraldo Alckmin, 26,8%; Branco/Nulo, 31,0%; Indecisos, 9,1%.

CENÁRIO 14: Geraldo Alckmin, 28,9%; Henrique Meirelles, 19,1%; Branco/Nulo, 40,7%; Indecisos, 11,3%.

CENÁRIO 15: Fernando Haddad, 35,5%; Henrique Meirelles, 21,4%; Branco/Nulo, 32,8%; Indecisos, 10,3%.

O instituto ouviu 2.002 eleitores entre os dias 12 e 15 de setembro, já após a troca de Lula por Fernando Haddad, oficializada em 11 de setembro. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais com 95% de nível de confiança. O registro no TSE é  BR-04362/2018.

A pesquisa também apurou o limite de voto de cada presidenciável. Veja o resultado:

ALVARO DIAS: é o único em quem votaria 1,4%; é um candidato em quem poderia votar 17,9%; não votariam nele de jeito nenhum: 32,2%; não o conhecem/não sabem quem é/ nunca ouviram falar: 42,8%.

CIRO GOMES: é o único em quem votariam 6,2%; é um candidato em quem poderia votar 45,4%; não votariam nele de jeito nenhum: 38,1%; não o conhecem/não sabem quem é/ nunca ouviram falar: 5,8%.

FERNANDO HADDAD: é o único em quem votariam 13,1%; é um candidato em quem poderiam votar 27,2%; não votariam nele de jeito nenhum: 47,1%; não o conhecem/não sabem quem é/ nunca ouviram falar: 8,7%.

GERALDO ALCKMIN: é o único em quem votariam 2,4%; é um candidato em quem poderiam votar 34,5%; não votariam nele de jeito nenhum: 53,4%; não o conhecem/não sabem quem é/ nunca ouviram falar: 4,3%.

HENRIQUE MEIRELLES: é o único em quem votaria 1,0%; é um candidato em quem poderia votar 28,9%; não votariam nele de jeito nenhum: 49,0%; não o conhecem/não sabem quem é/ nunca ouviram falar: 15,4%.

JAIR BOLSONARO: é o único em quem votariam 23,0%; é um candidato em quem poderiam votar 19,9%; não votariam nele de jeito nenhum 51,0%; não o conhecem/não sabem quem é/ nunca ouviram falar: 2,1%.

JOÃO AMOÊDO: é o único em quem votariam 2,1%; é um candidato em quem poderiam votar 12,1%; não votariam nele de jeito nenhum: 34,5%; não o conhecem/não sabem quem é/ nunca ouviram falar: 47,6%.

MARINA SILVA: é a única em quem votariam 2,0%; é uma candidata em quem poderiam votar 33,1%; não votariam nela de jeito nenhum 57,5%; não a conhecem/não sabem quem é/ nunca ouviram falar: 2,9%.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!