Em Porto Alegre, Sebastião Melo registra B.O. contra Manuela D’Ávila

Sebastião Melo (MDB-RS), candidato à prefeitura de Porto Alegre (RS), afirmou nesta terça-feira (25) que foi à polícia registrar um Boletim de Ocorrência contra sua adversária Manuela D’Ávila (PCdoB). De acordo com Sebastião, a campanha de Manuela o acusa de racismo por não discordar de falas de seus aliados políticos consideradas racistas. "Não posso aceitar que o debate chegue a esse nível", disse pelo Twitter.

Também  pelas redes sociais, Manuela afirmou que Sebastião Melo tenta “criar um fato eleitoral". A candidata defendeu ainda que seria "mais simples" se o adversário dissesse não concordar com o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB), que afirmou não haver racismo no Brasil e com Valter Nagelstein (PSD), que disse que os vereadores eleitos pelo Psol, maioria jovens e negros, não têm tradição política. "Sem nenhuma experiência, sem nenhum trabalho e com pouquíssima qualificação formal", diz o vereador em áudio divulgado na internet.

Manuela afirmou que vai entrar "com ação de dano moral por injúria e difamação e também com denunciação caluniosa pelo Boletim de Ocorrência".

Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (24)  mostra Sebastião Melo com 49% das intenções de votos, antes 42% de Manuela D´Ávila.

> “Racismo existe no Brasil, o que não existe é governo”, diz deputado a Mourão

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!