Dilma Rousseff (PT)

Primeira mulher a se eleger para a Presidência no Brasil, petista tenta a reeleição com o apoio de nove partidos

Mineira de Belo Horizonte, 67 anos, é economista. Primeira mulher eleita presidenta do Brasil, em 2010, chegou ao Planalto sem nunca ter disputado antes um mandato eletivo. Na ditadura militar, foi presa e torturada por causa de sua militância política.

Filiada ao PDT, foi secretária da prefeitura de Porto Alegre (RS) e do governo do Rio Grande do Sul. Filiou-se ao PT em 2001, quando integrava o governo Olívio Dutra (PT). Pelo partido, foi ministra da Casa Civil e de Minas e Energia. Dilma é divorciada, mãe de Paula e tem um neto, Gabriel. Seu candidato a vice é o ex-presidente da Câmara Michel Temer (PMDB-SP). A estimativa de gastos de sua campanha à reeleição é de R$ 298 milhões – valor mais alto entre todos os 11 presidenciáveis. Declarou à Justiça eleitoral possuir bens avaliados em R$ 1,7 milhão. Na sua coligação estão nove partidos:PT, PMDB, PSD, PP, PR, Pros, PDT, PCdoB e PRB.

Declaração de bens de Dilma

Os financiadores da candidata

As propostas de governo

Mais sobre eleições

Assine a Revista Congresso em Foco

Eleições 2014