Candidato pelo Podemos, Alvaro Dias promete convidar Moro para a Justiça

O senador paranaense Alvaro Dias foi confirmado neste sábado (4) como candidato a presidente pelo Podemos. Ele terá como vice o economista Paulo Rabello de Castro (PSC) e o apoio dos nanicos PRP e PTC. Na convenção realizada na capital paranaense, Alvaro fez uma homenagem à chamada “República de Curitiba” e à Operação Lava Jato. E prometeu convidar o juiz Sérgio Moro para ser seu ministro da Justiça.

O candidato chamou Moro de “ícone da nova Justiça brasileira”. “É o símbolo da esperança do nosso povo de reabilitar as instituições públicas destruídas pela incompetência e corrupção", disse.

Com discurso voltado para a “refundação” da República e o combate à corrupção, defendeu a continuidade das operações policiais como a Lava Jato. "A limpeza não terminou, a limpeza tem que continuar", afirmou.

Alvaro Dias também se comprometeu, caso seja eleito, a garantir protagonismo às mulheres na composição de seu governo. "Nós do Podemos somos comandados por uma mulher e, certamente, elas comandarão setores do nosso governo porque são essenciais na refundação da República", declarou em alusão à deputada Renata Abreu (SP), comandante do partido.

Ex-presidente do BNDES e do IBGE, Paulo Rabello de Castro defendeu a redução de impostos, da burocracia e dos juros. "Teremos Álvaro, que vai reconstruir um Brasil que vai crescer pelo menos 5% ao ano. Eu estou aqui muito orgulhosamente como vice, como copiloto na cabine de comando na aeronave Brasil", afirmou Paulo Rabello, que desistiu da candidatura própria para compor a chapa com Alvaro Dias.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!