Aplicativo do TSE substitui título de eleitor. Veja como usar

Com a pandemia do novo coronavírus e a imposição do distanciamento social, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vem incentivando os eleitores a baixarem o e-Título, aplicativo que serve como via digital do título de eleitor.

> TSE vai proibir eleitor de votar sem máscara

Lançada em 2017, a plataforma tem mais de dois milhões de downloads e possibilita, entre outras medidas, que o eleitor  realize a justificativa de ausência voto, faça a conferência do local de votação  e emita certidão de quitação eleitoral.

O e-Título tem como base os dados do Cadastro Eleitoral obtidos pela Justiça Eleitoral. Ao fazer o download, cadastrar uma senha e os dados pessoais como CPF ou título de eleitor, o aplicativo reconhece as informações do usuário e fornece uma série de informações sobre seção, zona, débitos eleitorais, autenticidade de documentos e informações sobre o processo eleitoral.

Justificativa

Aqueles que estiverem fora do seu domicílio eleitoral no dia da eleição poderão utilizar o e-Título para justificar a ausência. Essa funcionalidade estará disponível somente no dia da eleição, das 7h às 17h.

Nenhum dos serviços prestados pelo e-Título é exclusivo do aplicativo, mas por conta da pandemia, o TSE recomenda o uso da funcionalidade para evitar aglomerações nos colégios eleitorais. Para quem realizou cadastramento biométrico, o app mostra a foto do eleitor e permite que o cidadão apresente somente o seu perfil no aplicativo para votar.

Em setembro, o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, apresentou o plano de segurança sanitária para as eleições municipais de 2020, elaborado por uma consultoria formada por especialistas da Fiocruz e dos hospitais Sírio Libanês e Albert Einstein.

Este ano, o horário será estendido, a votação ocorrerá das 7h às 17h e pessoas maiores de 60 anos terão prioridade entre 7h e 10h da manhã. O TSE sugere que os eleitores levem suas próprias canetas para assinar o caderno de registro da seção eleitoral. Não haverá higienização das urnas e não será permitido votar sem máscara.

> Confira as últimas notícias sobre as Eleições Municipais 2020

> Surdos se candidatam em número recorde e buscam vencer preconceito e exclusão

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!