Congresso ameaça derrubar vetos de Bolsonaro a regras eleitorais e partidárias

Está prevista para as 15h a análise dos vetos do presidente Jair Bolsonaro à lei que alterou as regras para as eleições de 2020. Bolsonaro decidiu os 14 vetos em apenas três dias, o que levantou a tese de que ele evitou o desgaste político de manter o texto e repassou a responsabilidade para o Congresso. Existe movimento no Parlamento para derrubar o veto que abre margem para aumentar o valor de recursos públicos em campanhas eleitorais. A sessão, que era para ter começado no início da tarde, acabou atrasando por causa da votação dos destaques da reforma da Previdência no Senado e pela demora para se atingir o quórum de senadores.

> Lançamos nosso primeiro crowdfunding. Contribua para o jornalismo independente!

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!