TSE dá 15 dias para Bolsonaro comprovar fraudes em eleições

Corregedor do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Luís Felipe Salomão deu prazo para que Jair Bolsonaro comprove uma suposta fraude no processo eleitoral brasileiro, teoria conspiratória sustentada pelo presidente deste o início de 2020. A decisão foi tomada em portaria nesta segunda-feira (21) e é a primeira resposta das instituições jurídicas para a resolver a polêmica aberta pelo presidente.

Na decisão, Salomão indica que a cobrança de explicações por parte do presidente busca "subsidiar estratégias de aprimoramento dos recursos de segurança que envolvem as atividades voltadas à realização das eleições, em especial relativas ao pleito que se avizinha".

Ainda em um anexo da portaria, o ministro Salomão indica seis declarações do presidente sobre suposta fraude nas eleições de 2018 - no qual Bolsonaro se sagrou vencedor. A mais recente foi em junho de 2020, durante culto de igrejas evangélicas transmitidas pela TV Brasil. A mais antiga, também transmitida pelo canal, ocorreu logo após o primeiro turno de 2018 quando, ao lado o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que iriam "juntos ao TSE exigir soluções para isso que aconteceu agora".

A pressão de Bolsonaro contra o sistema eleitoral eletrônico brasileiro, adotado desde os anos 1990, não encontra respaldo na realidade- uma vez que nunca foram registradas fraudes no sistema brasileiro, nem eventos que colocassem em xeque o processo eleitoral. Mesmo assim, Bolsonaro e parte do Congresso Nacional pressionam por um sistema de voto impresso, e deputados bolsonaristas atualmente discutem o tema em comissão especial na Câmara.


> STF suspende convocação de governadores à CPI
> STF deve concluir julgamento que declarou Moro parcial em ações de Lula

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

JUNTE-SE A NÓS

 

Continuar lendo