Sem Huck, partidos se reúnem para discutir alternativa a Bolsonaro e Lula

Representantes de partidos de vários espectros políticos, da direita à centro-esquerda, se reúnem em almoço, nesta quarta-feira (16), em Brasília, para discutir os rumos da eleição em 2022. Entre os convidados para o encontro estão o PSDB, o DEM, o MDB, o PV, o Solidariedade, o Novo, o Podemos e o Cidadania.

As siglas devem discutir a possibilidade de lançar uma ou mais candidaturas que se encaixem como alternativa à polarização entre o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Lula na eleição presidencial de 2022.

O presidente do Cidadania, Roberto Freire, disse ao Congresso em Foco Insider que esta é a primeira reunião que essas siglas fazem para discutir possíveis alianças e cenários eleitorais para o ano que vem.

Freire também afirmou que ainda não existe certeza ou consenso entre todos de que o nome apoiado para a presidência da República em 2022 será o da chamada “terceira via”. "Só posso garantir que nós, do Cidadania, estamos determinados a formar essa via. É o nosso objetivo", alegou.

O presidente do Cidadania apostava na filiação de Luciano Huck ao partido para concorrer ao Planalto, mas o apresentador disse, ontem, que optou por renovar seu contrato com a Rede Globo, em vez de ingressar na política. Huck era visto como forte opção de terceira via. "Seria um grande diferenciador nas eleições do ano que vem", lamentou Freire.

 

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo