Eduardo Leite inicia pré-campanha por Brasília

Depois de confirmar sua disposição de disputar internamente a prévia do PSDB para a escolha do candidato do partido à Presidência da República, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, iniciará sua pré-campanha por Brasília neste domingo (4).

Leite marcou esse anúncio com a declaração – considerada corajosa e elogiada como marco importante de combate ao preconceito pela maior parte dos líderes de seu partido e outras autoridades da República – em que assume publicamente a sua homossexualidade.

É ainda com a repercussão da entrevista que ele conversará com os integrantes do PSDB de Brasília, uma seção dividida, com grupos mais de centro e de esquerda, mas também com outros ainda próximos das ideias conversadoras e do governo do presidente Jair Bolsonaro.

Muitos no PSDB fazem uma transição entre o apoio dado a Bolsonaro em 2018 e a defesa agora da necessidade de mudança, na busca de uma terceira via para a próxima eleição presidencial. É o caso do próprio Eduardo Leite, que apoiou o atual presidente na última eleição.

As prévias do PSDB para candidato do partido à Presidência da República em 2022 estão marcadas para o dia 21 de novembro e o partido já tem quatro nomes como pré-candidatos. Além de Leite, disputarão internamente a indicação do partido o governador de São Paulo, João Dória; o senador cearense Tasso Jereissati (CE) e o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio.

Eduardo Leite terá uma reunião com os filiados na sede do PSDB na manhã de domingo. Será a primeira de uma série de reuniões mensais com os pré-candidatos da sigla, de acordo com o presidente do PSDB do Distrito Federal, senador Izalci Lucas, que começa a se movimentar para ser candidato a governador em 2022. A reunião terá formato híbrido (presencial e on-line) em razão dos protocolos de prevenção à covid-19.

Ao Congresso em Foco, Izalci disse ser importante colocar o valor do debate e das prévias. “Agregam, como definiu o partido, somam, fortalecem e ativam a candidatura daquele que for vencedor e em nome do PSDB poderá dialogar com os demais partidos para a disputa presencial e proporcional de 2022”, explicou. “Promover esses debates com responsabilidade e democracia é nosso dever”, afirmou Izalci.

Izalci fez parte da comissão que definiu o modelo atual adotado pelo partido, com votos dos filiados sem cargo político em 25% de peso no saldo final da votação e os outros 75% com peso distribuído entre os três grupos que têm cargos.

Às 11h30, Eduardo Leite concederá uma entrevista à imprensa na sede do PSDB em Brasília. À tarde, ele conhecerá um projeto social em uma das regiões administrativas do Distrito Federal, o Sol Nascente, chamada Raízes do Sol. Transformado em região administrativa no ano passado, o Sol Nascente é uma das áreas mais carentes do Distrito Federal, e já foi considerada a maior favela do país.

>>Atos contra Bolsonaro marcados em pelo menos 314 cidades neste sábado

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo