Governo vai lançar novo canal de TV com verba do Ministério da Educação

O governo federal vai lançar mais um canal de TV nas próximas semanas. A verba sairá do Ministério da Educação (MEC) segundo informações divulgada por Ricardo Feltrin, do UOL. De acordo com o jornalista, a emissora destinada a "projetos educativos, além de diversos outros serviços", conforma diz o MEC, custará entre R$ 50 milhões e R$ 100 milhões anuais. A pasta nega que serão estes os valores, mas não especifica quanto custará o projeto.

O novo canal será uma subdivisão do sinal da TV Brasil. Ainda sem nome definido, a emissora é vista como uma plataforma de divulgação de conteúdo pró-governo. De acordo com a matéria do UOL, nos bastidores o canal já foi apelidado jocosamente de "TV Olavo", em referência a Olavo de Carvalho, guru bolsonarista.

O Congresso em Foco entrou e contato com a EBC e com o Ministério da Educação para entender detalhes sobre a emissora, mas ainda não teve retorno.

Nota do MEC na íntegra enviada ao UOL:

O Ministério da Educação informa que está em fase final de negociação com a EBC um contrato de um novo canal de TV público.

Neste novo contrato serão atendidos projetos educativos, além de diversos outros serviços.

A pasta ressalta que essa é uma iniciativa desta administração e que o objetivo é economizar, racionalizar e melhorar os processos de gestão.

O valor que está sendo negociado é muito abaixo do informado (notada coluna: estimado) pelo UOL. Atenciosamente, Ascom/MEC."

> Filha de Olavo de Carvalho se filia ao PT contra “obscurantismo”

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo