Senador Marcio Bittar vai relatar uma das PECs pós-Previdência

O senador Márcio Bittar (MDB-AC) será o relator da proposta de emenda à Constituição que trata do pacto federativo. A informação foi confirmada ao Congresso em Foco pelo líder do MDB no Senado, Eduardo Braga (AM).

>Saiba quais são as medidas do pacote pós-Previdência de Paulo Guedes

A medida faz parte de um conjunto de três  propostas de emendas à Constituição de autoria dos líderes do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), e no Congresso Nacional, Eduardo Gomes (MDB-TO).

As PECs foram intituladas de emergência fiscal (íntegra), pacto federativo (íntegra) e de revisão dos fundos (íntegra).

A proposta da emergência fiscal é considerada prioridade pelo governo e a única que a equipe econômica acredita aprovar ainda em 2019. As outras duas o governo federal quer votar até o primeiro semestre de 2020.

De acordo com o que disse o líder do governo no Congresso Nacional ao site , a ideia é que senadores do PSD e do Podemos fiquem com as outras duas relatorias na Comissão de Constituição e Justiça. As três siglas representam as maiores bancadas do Senado Federal.

Atualização

Após a publicação desta matéria a presidente da CCJ, Simone Tebet (MDB-MS), confirmou Marcio Bittar como relator da PEC do pacto federativo. Tebet acrescentou que o senador Otto Alencar (PSD-BA) vai relatar a PEC dos fundos constitucionais.

O líder do Podemos, Alvaro Dias (PR), ainda não decidiu qual senador de seu partido relatará a PEC da emergência fiscal.

> Líder do MDB vê prazo curto para pacote pós-reforma da Previdência

>Pacote pós-Previdência depende do humor do Congresso, diz líder do governo

Campanha do Congresso em Foco no Catarse

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!