Senado rejeita mudanças no abono salarial. Veja os votos

Por sete votos, o governo sofreu uma derrota na votação dos destaques da reforma da Previdência no Senado. É que a emenda que rejeita a criação de regras mais duras para o abono salarial precisava de 49 votos para ser rejeitada. Na votação desta terça-feira (1º), contudo, recebeu 42 votos da base do governo e 30 da oposição e, por isso, foi aprovada. Veja como cada senador votou a questão.

> Senado rejeita endurecimento de regras para abono salarial e impõe derrota ao governo na Previdência

O destaque, apresentado pela líder do Cidadania no Senado, Eliziane Gama (MA), determina que as regras atuais do abono salarial sejam mantidas. Com isso, o benefício continuará sendo pago a quem ganha até dois salários mínimos. A proposta do governo, que era manter o abono apenas para quem ganha até R$ 1.364, portanto, sai do texto da reforma da Previdência.

A medida reduz em R$ 76,4 bilhões a economia da reforma nos próximos dez anos. Mas, como se trata de uma emenda supressiva, não obriga a matéria a voltar para a Câmara dos Deputados. Por isso, a promulgação do texto-base da reforma ainda pode ocorrer neste mês.

> Reforma da Previdência: Senado aprova texto-base em 1º turno

Veja como cada senador votou o abono salarial. O 'não' representa a aprovação do destaque, com a manutenção das regras atuais do benefício, como pedia a oposição. Já o 'sim' representa a rejeição do destaque e a conseequente manutenção da proposta do governo:

Nome Partido UF Voto
Acir Gurgacz PDT RO Não
Alessandro Vieira CIDADANIA SE Não
Alvaro Dias PODEMOS PR Não
Angelo Coronel PSD BA Sim
Antonio Anastasia PSDB MG Sim
Arolde de Oliveira PSD RJ Sim
Carlos Viana PSD MG Sim
Chico Rodrigues DEM RR Sim
Cid Gomes PDT CE -
Ciro Nogueira PP PI Sim
Confúcio Moura MDB RO Sim
Daniella Ribeiro PP PB Sim
Dário Berger MDB SC Não
Davi Alcolumbre DEM AP -
Eduardo Braga MDB AM Não
Eduardo Girão PODEMOS CE Não
Eduardo Gomes MDB TO Sim
Eliziane Gama CIDADANIA MA Não
Elmano Férrer PODEMOS PI Sim
Esperidião Amin PP SC Não
Fabiano Contarato REDE ES Não
Fernando Bezerra Coelho MDB PE Sim
Fernando Collor PROS AL Não
Flávio Arns REDE PR Não
Flávio Bolsonaro PSL RJ Sim
Humberto Costa PT PE Não
Irajá PSD TO Não
Izalci Lucas PSDB DF Sim
Jader Barbalho MDB PA -
Jaques Wagner PT BA Não
Jarbas Vasconcelos MDB PE Sim
Jayme Campos DEM MT Sim
Jean Paul Prates PT RN Não
Jorge Kajuru CIDADANIA GO Não
Jorginho Mello PL SC Sim
José Maranhão MDB PB Sim
José Serra PSDB SP Sim
Juíza Selma PODEMOS MT Sim
Kátia Abreu PDT TO Não
Lasier Martins PODEMOS RS Sim
Leila Barros PSB DF Não
Lucas Barreto PSD AP Sim
Luis Carlos Heinze PP RS Sim
Luiz do Carmo MDB GO Sim
Mailza Gomes PP AC Sim
Major Olimpio PSL SP Sim
Mara Gabrilli PSDB SP Não
Marcelo Castro MDB PI Sim
Marcio Bittar MDB AC Sim
Marcos do Val PODEMOS ES -
Marcos Rogério DEM RO -
Maria do Carmo Alves DEM SE -
Mecias de Jesus REPUBLICANOS RR Sim
Nelsinho Trad PSD MS Sim
Omar Aziz PSD AM Sim
Oriovisto Guimarães PODEMOS PR -
Otto Alencar PSD BA Sim
Paulo Paim PT RS Não
Paulo Rocha PT PA Não
Plínio Valério PSDB AM Sim
Randolfe Rodrigues REDE AP Não
Reguffe PODEMOS DF Não
Renan Calheiros MDB AL Não
Roberto Rocha PSDB MA Sim
Rodrigo Cunha PSDB AL Não
Rodrigo Pacheco DEM MG Sim
Rogério Carvalho PT SE Não
Romário PODEMOS RJ Sim
Rose de Freitas PODEMOS ES -
Sérgio Petecão PSD AC Sim
Simone Tebet MDB MS Sim
Soraya Thronicke PSL MS Sim
Styvenson Valentim PODEMOS RN Não
Tasso Jereissati PSDB CE Sim
Telmário Mota PROS RR -
Vanderlan Cardoso PP GO Sim
Veneziano Vital do Rêgo PSB PB Não
Wellington Fagundes PL MT Sim
Weverton PDT MA Não
Zenaide Maia PROS RN Não
Zequinha Marinho PSC PA Sim

 

> Lançamos nosso primeiro crowdfunding. Contribua para o jornalismo independente!

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!