Senado autoriza pagamento de até R$ 3 mil a trabalhadores formais

O Senado Federal autorizou que o Poder Executivo pague até três salários de trabalhadores com carteira assinada, com a condição de que as empresas não demitam esses funcionários pelo período de um ano após o fim do auxílio.

O valor atual do salário mínimo é de R$ 1.045. Por três meses, o governo teria que desembolsar R$ 3.135.

A medida ocorre no âmbito do Programa de Auxílio Emprego, criado pelos senadores no projeto que faz outras mudanças no auxílio emergencial de R$ 600 aprovado na segunda-feira (30).

Remetido à sanção, o texto ainda não foi objeto da análise do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o que gerou críticas de deputados e senadores, que cobraram do governo o pagamento do auxílio, apelidado de “coronavoucher”.

Maia: aprovamos a renda mínima, agora o governo precisa pagar ao povo

O texto ainda passará pela análise da Câmara dos Deputados.

Senado aprova uso de telemedicina durante pandemia de covid-19

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!