Prévia da inflação desacelera em comparação com dezembro

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) cresceu 0,78% em janeiro, segundo os dados Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados nesta terça-feira (26). O índice é considerado uma prévia da inflação oficial e demonstra uma desaceleração em relação ao 1,06% registrado em dezembro de 2020. O resultado é o maior já registrado durante um mês de janeiro, nos últimos cinco anos. Em janeiro de 2016, o IPCA-15 chegou a 0,92%.

>Brasil volta a impor restrições à entrada de estrangeiros

Em 12 meses, o indicador acumula alta de 4,30%. Em janeiro do ano passado, a taxa ficou em 0,71%. Foi registrada alta também em oito dos nove grupos de serviços pesquisados. O maior impacto foi o aumento no setor de alimentação e bebidas (1,53%), seguido do setor de habitação que aumentou 1,44%. O setor de vestuário foi o terceiro mais impactado, em dezembro registrava uma deflação de -0,44% e em janeiro registrou 0,85%.

Todas as regiões apresentaram crescimento do índice em janeiro. Recife foi a capital com a maior variação positiva em janeiro (1,45%), marcada pela alta nos preços da gasolina (5,85%) e da tarifa de energia elétrica (4,55%). Enquanto que Brasília registrou o menor resultado (0,33%).

>Dois novos pedidos de impeachment nesta semana: de religiosos e da oposição

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!