Pedidos de falências têm queda de 18,4% em agosto

O número de empresas que pediram falência diminuiu de 125 para 102, o que representa uma queda de 18,4%, em agosto de 2020 na comparação com o mesmo mês de 2019. O dado está em levantamento feito pela Serasa Experian e divulgado nesta sexta-feira (25).

> Câmara aprova projeto que permite financiamento para salvar empresa de falência

Já as solicitações de recuperações judiciais diminuíram 7% em agosto quando comparado a agosto de 2019. No total foram dez solicitações a menos, quando comparadas com o mesmo período do ano anterior, de 142 para 132.

A recuperação judicial é diferente da falência porque oferece uma chance de a empresa se recuperar financeiramente sem que seja reconhecida a falência, ou seja, sem as atividades serem suspensas.

As grandes empresas tiveram uma queda de 25% nos pedidos de recuperação judicial em agosto, enquanto as médias reduziram 20,8%. Para o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, os negócios de maior porte se recuperam com mais celeridade diante da retomada das atividades comerciais e de serviço, pois têm mais de capital de giro. As micro e pequenas empresas tiveram alta de 1,0% no número de pedidos.

> Cadastre-se e acesse de graça, por 30 dias, o melhor conteúdo político premium do país   

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!