“Novo” MDB defende renovação democrática e recuperação econômica. Veja o manifesto

Eleito presidente nacional do MDB neste domingo (6), o deputado Baleia Rossi (SP) já lançou o novo manifesto do partido. O documento defende a renovação democrática e a recuperação econômica do país. Porém, ao falar do desemprego, cita um plano emergencial de geração de empregos que envolve ocupações que costumam receber baixos rendimentos no Brasil. Veja a íntegra do texto abaixo.

> Baleia Rossi assume presidência do MDB a fim de renovar o partido

"É preciso adotar medidas emergenciais para que o país sane as sequelas sociais da maior crise econômica da história. O MDB defenderá uma proposta de geração de empregos com fundos de desenvolvimento e fomentos já disponíveis. Com esses recursos e parceiras entre o governo federal e as prefeituras, será possível criar vagas para serviços de zeladoria, varrição e pequenos reparos nos 5.570 municípios brasileiros", diz o manifesto, intitulado de "Renovação Democrática é Emprego e Oportunidades".

Antes disso, o partido justifica esse plano emergencial dizendo que as reformas econômicas que podem impulsionar o setor privado - como a reforma tributária, que foi apresentada pelo próprio Baleia Rossi na Câmara - "são imprescindíveis, mas não suficientes" para o problema do desemprego. "É desumano desconsiderar ou mesmo postergar medidas capazes de reabrir espaços na indústria, no setor de serviços e na agricultura. Consciente dessa missão, o MDB não se esquivou de propor as reformas tributária, da Previdência e da legislação trabalhista, que darão empuxo para a retomada do setor privado", diz.

O manifesto, publicado neste domingo, ainda fala da importância da democracia, a pauta histórica do MDB, e de novas bandeiras das quais o MDB quer se aproximar. Entre elas, o diálogo, a aproximação com a população e o combate à corrupção. "A missão do MDB é seguir com renovação democrática, por empregos e oportunidades", concluiu o texto

Veja a íntegra do manifesto:

" RENOVAÇÃO DEMOCRÁTICA É EMPREGO E OPORTUNIDADES

Emprego, trabalho e renda para todos são compromissos inegociáveis do MDB com o povo do Brasil. Nenhum esforço pode ser desperdiçado para dar oportunidade aos milhões de desempregados e desalentados, vítimas da histórica desigualdade social e dos erros de política econômica cometidos na última década.

Os que estão sofrendo precisam ser resgatados já. O MDB está em todos os municípios do país. É testemunha da dor dos que perderam seu sustento e dos foram relegados à pobreza. Conhece suas necessidades e sua urgência.

A luta para dar um meio de vida digno à população não tem e não pode ter fronteira no MDB. Essa batalha tem de ser travada dia após dia por nossos militantes com mandato no Congresso Nacional, nos governos estaduais e nos municípios.

O melhor programa social é o emprego. É desumano desconsiderar ou mesmo postergar medidas capazes de reabrir espaços na indústria, no setor de serviços e na agricultura. Consciente dessa missão, o MDB não se esquivou de propor as reformas tributária, da Previdência e da legislação trabalhista, que darão empuxo para a retomada do setor privado.

Essas mudanças estruturais são imprescindíveis, mas não suficientes. É preciso adotar medidas emergenciais para que o país sane as sequelas sociais da maior crise econômica da história. O MDB defenderá uma proposta de geração de empregos com fundos de desenvolvimento e fomentos já disponíveis.

Com esses recursos e parceiras entre o governo federal e as prefeituras, será possível criar vagas para serviços de zeladoria, varrição e pequenos reparos nos 5.570 municípios brasileiros.

O MDB, que tem o maior número de prefeitos e vereadores do país, abraçará essa tarefa e outros projetos de inserção social. O partido pode e vai colaborar com sua capilaridade e sua capacidade de atuar junto ao cidadão na sua vida cotidiana. Pode e vai colaborar com sua reconhecida eficiência em mediar disputas, aglutinar apoios, criar consensos e, assim, soluções.

O MDB sempre evitou o extremismo. Sempre buscou harmonizar posições radicais. Ao mesmo tempo, sempre lutou por uma defesa intransigente da liberdade, da democracia e do seu compromisso com o país e com os direitos fundamentais expressos na Constituição Cidadã.

O Brasil avançou enormemente nos 53 anos de serviço do MDB. É preciso seguir adiante, avançar. Há democracia, mas é preciso aumentar os canais de diálogo. Com debates calcados na busca pelo entendimento com empatia, e não ofensas rasas de baixo nível.

As novas tecnologias deram voz aos cidadãos, mas há mais a ser conquistado na liberdade de opinião, na liberdade de imprensa, na liberdade religiosa e na liberdade de costumes.

É preciso avançar também na transparência, na prestação de contas à sociedade e no combate à corrupção. Existem propostas para melhorar o sistema de detecção de desvios de dinheiro público e para criar mecanismos que ajudem a extirpar essa epidemia de nossa sociedade. Elas precisam sair do papel.

Ao mesmo tempo, não se pode fazer concessões no respeito ao Estado Democrático de Direito e a garantias individuais. A lei é igual para todos. É bom lembrar: a lei não foi criada apenas para punir.

A lei fixa limites para a capacidade do Estado de infligir castigo aos seus cidadãos e define regras para o direito inalienável ao contraditório, à ampla defesa e à presunção de inocência. Todos têm direitos e devem ter sua dignidade respeitada, tenham colarinho branco ou não. Justiça não é vingança.

A democracia que o MDB leva no nome não é um conceito etéreo. O partido nasceu na defesa da liberdade e todos nós sabemos que só é livre quem sustentar com dignidade a si e a sua família. Olhar para o futuro é cuidar do destino das pessoas hoje.

Foi o sentido da luta de Ulysses Guimarães e da Constituição Cidadã. Foi a promessa da eleição de Tancredo Neves e o objetivo dos nossos governos. A razão do combate sem trincheira à inflação foi extirpar um mal que travou o crescimento e concentrou a renda. A agenda de reformas que propusemos: encerrar recessão, resgatar os desempregados e devolver o país ao seu futuro.

A missão do MDB é seguir com RENOVAÇÃO DEMOCRÁTICA, por empregos e oportunidades.

Baleia Rossi
Presidente Nacional do MDB"

> Bolsonaro quer o PT como adversário em 22 e vice-versa

> Lançamos nosso primeiro crowdfunding. Contribua para o jornalismo independente!

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!