Inflação do aluguel dispara 23,14% em 2020, o triplo do ano anterior

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) fechou 2020 com alta de 23,14%, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira (29) pela Fundação Getulio Vargas (FGV). É o maior crescimento anual do índice utilizado no reajuste dos aluguéis desde 2002, quando o acumulado ficou em 25,31%. O percentual atingido este ano representa o triplo dos 7,30% registrados ano passado.

O IGP-M foi pressionado este ano pela desvalorização do real frente ao dólar e pela alta dos preços das commodities.

Entre os três indicadores que compõem o IGP-M (IPA, IPC e INCC), o maior avanço foi registrado pelo Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que cresceu 31,63% ao longo de 2020. A alta do índice dos aluguéis só não foi maior porque houve desaceleração em dezembro. O IGP-M fechou este mês com crescimento de 0,96%. Em novembro, a alta havia sido de 3,28%.

Veja os detalhes do levantamento divulgado há pouco pela FGV

Continuar lendo