Guedes aumenta exigências para a realização de concursos públicos

O ministro da Economia, Paulo Guedes, publicou uma instrução normativa no Diário Oficial da União desta quarta-feira (24) em que aumenta as exigências para que outros órgãos do governo federal abram concurso público para a contratação de servidores. Pela nova norma, os pedidos deverão ser acompanhados de um estudo de impacto de longo prazo das contratações. Atualmente, essa projeção tem o horizonte de três anos. 

> PGR perde no Supremo e advogados da União garantem honorários

A justificativa da Economia é que o servidor admitido em concurso público fica, em média, 69,8 anos na folha de pagamentos da União, considerando os períodos de atividade e inatividade. 

Nas projeções, os órgãos solicitantes deverão levar em conta as movimentações na carreira, como progressões, promoções, reajuste e incorporação de gratificações.

A medida vale para todos os órgãos e entidades integrantes do Sistema de Pessoal Civil da Administração Federal (Sipec) na solicitação de autorização de concursos públicos e de provimento de cargos públicos.

> Tasso tenta acordo para que evitar que marco do saneamento volte à Câmara

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!