Em crise, Boeing desiste da compra da Embraer

A Boeing, fabricante americana de aeronaves desistiu de comprar a brasileira Embraer. O anúncio foi feito na manhã deste sábado, após cerca de dois anos de negociação. As empresas tinham até a meia-noite desta sexta (24) para fechar o acordo em termos técnicos. Isso não aconteceu porque, segundo a Folha de S. Paulo, porque a Boeing alegou que a Embraer não cumpriu todas as exigências contratuais. 

Analistas apontam que duas crises podem ter interferido no negócio: a do 737 MAX e a do coronavírus. 

Recentemente a Boeing suspendeu a produção do 737 MAX após problemas técnicos na aeronave terem causados dois acidentes com vítimas fatais. Já a crise da covid-19 afetou todo o mercado de aviação, o que inclui Boein e Embraer. Com isso, a empresa brasileiro perdeu valor de mercado e levantou dúvidas sobre o preço estabelecido para o negócio. 

As últimas notícias da pandemia de covid-19

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!