Bolsa sobe e dólar cai após anúncio de auxílio emergencial e reforma administrativa

O Ibovespa subiu 2% após o governo anunciar a prorrogação do auxílio emergencial até o final do ano, no valor de R$ 300. O governo também confirmou o envio da proposta de reforma administrativa até a quinta-feira (3), ainda nesta semana. O dólar respondeu aos anúncios da equipe com queda de 1,81%, chegando a R$ 5,38. As informações são do Infomoney.

>Justiça aceita denúncia contra o ministro do TCU Vital do Rêgo

O mercado registrou queda e acompanhou a tensão entre Guedes e o Senado gerada após a derrubada do veto pelos senadores. Segundo o Infomoney, as declarações do ministro Paulo Guedes estão no radar dos investidores. O ministro vai participar de uma audiência virtual com os senadores para dar explicações sobre as declarações, em que se referiu à decisão dos senadores como "crime".

Nesta manhã, o IBGE divulgou os dados trimestrais do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, que mostram uma queda de 9,7% em comparação com o primeiro trimestre. O dado apresenta uma retração maior do que a esperada pelos especialista.

A bolsa também acompanha as discussões no Congresso sobre o Orçamento para 2021. Na noite desta segunda-feira (31) o governo encaminhou o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) para o próximo ano no valor de R$ 453,7 bilhões. O déficit total nas contas públicas esperado para os anos de 2021 e 2023 é de R$ 572,9 bilhões.

>Com operação sob ataque, apoiadores da Lava Jato organizam manifestação

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!