Bolsa se encaminha para novo recorde pelo segundo dia consecutivo; dólar segue em queda

Um dia depois de alcançar o seu recorde e ultrapassar pela primeira vez na história a barreira dos 90 mil pontos, a Bolsa de Valores volta a operar em alta nesta quinta-feira (3). O dólar comercial, que ontem registrou o menor valor desde 11 de novembro, segue em queda. Os dados positivos são atribuídos ao discurso do novo ministro da Economia, Paulo Guedes, e à expectativa com o anúncio das primeiras medidas econômicas do novo governo.

Até as 11h30 desta quinta, o Ibovespa ganhava 0,64% e atingia 91.596,28 pontos. Já a moeda norte-americana se desvalorizava 0,95%, estava cotada a R$ 3,774 para venda. Ou seja, se mantiver o ritmo, a Bolsa fechará hoje com o melhor índice de sua história.

O discurso liberal feito por Paulo Guedes em sua posse agradou ao mercado. Ele fez uma defesa enfática do corte de gastos, da diminuição do tamanho do Estado, disse que sua gestão terá como tripé a reforma da Previdência, as privatizações e a simplificação tributária. Também sinalizou com a desvinculação orçamentária caso o Congresso não aprove de imediato a reforma previdenciária.

Guedes cobra do Congresso reforma da Previdência mas sinaliza com plano B

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!