André Brandão assume presidência do Banco do Brasil

Ex-presidente do HSBC no país, André Brandão assume nesta terça-feira (22) a presidência do Banco do Brasil após processo de transição de quase dois meses.

Brandão ocupará a vaga deixada por Rubem Novaes, que, durante pouco mais de um mês de gestão, provocou polêmicas e defendeu a privatização da instituição – o que não ocorrerá, segundo o presidente Jair Bolsonaro.

Novaes deixou o cargo alegando cansaço e que o BB precisava de alguém que intensificasse o seu processo de modernização. Considerado de perfil discreto, oposto ao do antecessor, o novo presidente terá o desafio de enfrentar a concorrência de fintechs e big techs, como Facebook e Google.

A posse será em evento fechado no gabinete do presidente Jair Bolsonaro e deve contar com a presença do ministro da Economia, Paulo Guedes. Além de ter tido passagem pelo Citybank, André Brandão também foi chefe do HSBC Global Market para as Américas em Nova York. Formado em Ciência da Computação, ele tem 55 anos de idade e 34 de experiência no mercado financeiro.

“Criar dificuldades para vender facilidades é a regra”, diz presidente do BB

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!