Ato contra Bolsonaro reúne manifestantes em mais de 20 países

O ato global Stop Bolsonaro marcado para este domingo (28), teve manifestações presenciais e virtuais em 23 países. A pauta é a postura do poder Executivo em relação à pandemia do novo coronavírus, contra as ameaças de grupos fascistas e pela democracia no Brasil.

A manifestação aconteceu ao longo deste domingo pelas redes sociais. Mais cedo, o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) publicou um vídeo em suas redes sociais, chamando atenção para o ato.

A deputada Lídice da Mata (PSB-BA) também participou do ato:

O Stop Bolsonaro é organizado pelo PT, CUT, MST, PCdoB e diferentes movimentos sociais. Confira algumas das manifestações que aconteceram ao longo do dia:

Na sexta-feira (26), o ato virtual do movimento Direitos Já! reuniu lideranças políticas e da sociedade civil em defesa da democracia. O ex-presidente Lula rejeitou o convite para participar. Mas cerca de 140 líderes políticos, artistas e intelectuais de diversas correntes ideológicas confirmaram participação.

> Datafolha aponta que apoio a democracia chega a 75%; maior índice em 31 anos

 

 

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!