STF autoriza inquérito contra deputados do Caso Cachoeira

Depois de Demóstenes, o ministro Ricardo Lewandowski autorizou ações contra os deputados Carlos Leréia, Sandes Júnior e Stepan Nercessian, apontados como envolvidos com o esquema do bicheiro

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, autorizou a abertura de três inquéritos contra os deputados federais Carlos Leréia (PSDB-GO), Sandes Júnior (PP-GO) e Stepan Nercessian (PPS-RJ). Os três deputados são citados nas investigações das Operações Delta e Monte Carlo, da Polícia Federal, por envolvimento com o bicheiro Carlinhos Cachoeira, preso por comandar um esquema de exploração ilegal de jogo.

Lewandowski atendeu a um pedido feito pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel, que pediu o desmembramento das investigações contra os três deputados do inquérito em que está sendo apurada a ligação do senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) com Cachoeira.

O ministro concluiu que não haveria conexão entre os fatos imputados aos deputados e aqueles que atingem Demóstenes, o que justificaria inquéritos diferentes.

Continuar lendo