Oposição cobra abertura de processo contra Flávio no Conselho de Ética

Os partidos de oposição Psol, PT e Rede Sustentabilidade cobram que o Conselho de Ética do Senado Federal abra um processo contra o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ). O texto relata que em 2019 os mesmos partidos entraram com uma representação contra o parlamentar junto ao colegiado.

Veja a representação na íntegra:

Na época, o documento listava desvios de conduta praticados pelo filho presidente Jair Bolsonaro, citando desde a sua relação com milícias no Rio de Janeiro, até o esquema de "rachadinhas" e a contratação de funcionários fantasmas praticados em seu gabinete, enquanto era deputado estadual.

Hoje, o documento destaca todos os itens do primeiro pedido e aponta para um fato novo, a compra de uma mansão no valor de R$ 6 milhões feita por Flávio. Segundo os partidos, a transação financeira da compra é incompatível com os rendimentos declarados pelo parlamentar.

Ainda de acordo com o documento apresentado pela opsoição, os fatos narrados "contribuem para confirmar a prática de atos irregulares gravíssimos, no curso do mandato, puníveis com a perda do mandato parlamentar do Senhor Flávio Nantes Bolsonaro".

> Flávio Bolsonaro compra mansão de R$6 mi em Brasília, diz site; veja fotos

Continuar lendo