Lava Jato recupera R$ 1,8 bilhão por meio de delação premiada

Delatores da operação Lava Jato devolveram R$ 1,837 bilhão aos cofres públicos desde o início da investigação em 2014. O levantamento foi feito feito pelo jornal O Globo e publicado nesta segunda-feira (30).

O total do valor prometido a ser recuperado é de R$ 3,1 bilhões e foram 221 pessoas a fazerem delações até o momento. O jornal não levou em consideração as quantias pagas por empresas em acordos de leniência.

> Janot sobre Gilmar Mendes: “Ia matar ele e me suicidar”

Parentes de Dario Messer, um dos maiores doleiros investigados pela operação que desbaratou o esquema de corrupção na Petrobras, em outras estatais e em construtoras, devolveram R$ 7 milhões na semana passada.

No total, a família devolveu R$ 270 milhões aos cofres públicos e outros R$ 100 milhões estão bloqueados em bens como imóveis.

O levantamento feito pelo O Globo indica que a família Messer é a campeã em valores ressarcidos. Eduardo Plass é o segundo, ele lavava dinheiro para o ex-governador do Rio de Janeiro Sergio Cabral e é um dos principais delatores do empresário Eike Batista.

O próprio Dario Messer não fechou um acordo de delação, mas não descarta fazer, conforme aponta o jornal o Globo.

> Manifestantes a favor da Lava Toga entram em confronto com a PM

> Lançamos nosso primeiro crowdfunding. Contribua para o jornalismo independente!

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!