Esposa de Fabrício Queiroz receberá, de novo, auxílio emergencial

Márcia Oliveira de Aguiar, ex-funcionária do gabinete do então deputado estadual Flávio Bolsonaro e esposa de Fabrício Queiroz, irá novamente receber o auxílio emergencial do governo federal.

Ao contrário da primeira vez – quando Márcia estava foragida enquanto recebia o auxílio – agora a ex-funcionária da Alerj poderá receber as parcelas em casa, já que sua prisão domiciliar foi revogada há duas semanas.

Assim como na primeira edição do auxílio emergencial, a confirmação de que Márcia receberá o pagamento foi feita pelo Congresso em Foco por meio do telefone 111, canal da Caixa que informa o status das solicitações do benefício. A busca foi feita pelo CPF de Marcia, publicado nos documentos das investigações judiciais de que é alvo. Após nossa denúncia, Márcia parou de receber o benefício.

Márcia era funcionária do gabinete de Flávio Bolsonaro na Alerj, enquanto o hoje senador pelo Republicanos do Rio de Janeiro era deputado estadual. No final de 2020, o Ministério Público do Rio de Janeiro chegou a oferecer denúncia contra Queiroz, que seria o operador do esquema de desvio de salários de servidores diretamente para a conta do deputado.

Segundo reportagem da Revista Época, Márcia era funcionária-fantasma do gabinete de Flávio: ela estaria atuando como cabeleireira, apesar de receber vencimentos de R$6.500 na Alerj.

O Congresso em Foco buscou o advogado de Márcia e Queiroz, Paulo Emílio Catta Preta, mas ainda não teve retorno. O espaço segue aberto para manifestações.


> Editorial: Chega de Bolsonaro, mortes e caos! Impeachment já!
> Twitter remove vídeo de Roberto Jefferson com incitação à violência

Continuar lendo