Reguffe: preocupação é honrar voto das pessoas

Com discurso e atuação calcados na vigilância dos gastos públicos, deputado brasiliense está entre os mais lembrados pelos jornalistas em três categorias do Prêmio Congresso em Foco

A discurso e a forma de conduzir o mandato são os mesmos. Apesar de ter sido por quatro anos deputado distrital e ter tido a maior votação proporcional para a Câmara no país, José Antônio Reguffe (PDT-DF), 38 anos, não conseguiu esconder a surpresa de ter recebido a segunda maior votação entre os deputados que mais se destacaram no Prêmio Congresso em Foco 2011. Na primeira fase, votam os jornalistas especializados na cobertura de Congresso. Estreante como deputado federal, o pedetista, de quebra, também está entre os mais lembrados nas categorias Parlamentar de futuro (para aqueles com menos de 45 anos) e Defesa do consumidor.

CLIQUE AQUI PARA VOTAR NOS MELHORES PARLAMENTARES DE 2011

Formado em economia e jornalismo, Reguffe tem como pilar de sua atuação parlamentar a moralidade dos gastos públicos. Além de cobrar dos governantes o bom uso dos impostos pagos pela população, ele também critica o Legislativo pelo excesso de verbas. Por isso, assim como na Câmara Legislativa do Distito Federal, Reguffe rejeitou o recebimento dos 14º e 15º salários que os deputados têm direito e da verba indenizatória, e diminuiu o número de servidores no seu gabinte. Segundo o parlamentar, as medidas vão economizar R$ 2,3 milhões durante os quatro anos de mandato.

Reguffe ressaltou que não é possível destacar uma única parte do seu mandato como origem do resultado. O deputado citou os discursos feitos na tribuna, o trabalho na Comissão de Defesa do Consumidor, os projetos apresentados e representações feitas ao Ministério Público como possíveis causas da boa avaliação. "Eu fico muito feliz, surpreso até, pela indicação. Afinal, tenho apenas um semestre como deputado", afirmou o pedetista. Para ele, o voto dos jornalistas especializados na cobertura de Congresso mostra que as pessoas estão atentas ao seu mandato. "A minha preocupação é honrar o voto das pessoas que me escolheram", disse.

Politicamente, Reguffe tem adotado uma postura independente. Já, inclusive, votou contra orientação do seu partido por não concordar com o projeto em questão. "Se o projeto for bom para o país, eu voto a favor. Se não for, eu voto contra", disse. Tanto que, para ressaltar sua não vinculação aos desejos da base governista, assinou o requerimento de criação da CPI da Corrupção, proposta pela oposição à presidenta Dilma Rousseff para investigar as recentes denúncias contra o primeiro escalão do governo.

Leia também:
Reguffe: “Não me considero representado pelo PT”

Começou nesta segunda-feira (22) a votação na internet da sexta edição do Prêmio Congresso em Foco, que tem como objetivo estimular a reflexão sobre a atuação de deputados e senadores e romper com o discurso conformista de que todos os políticos são iguais e de que os cidadãos pouco, ou nada, podem fazer para melhorar a qualidade da representação política no país.

Escolha os melhores parlamentares do ano
Entre aqui para votar
Tudo sobre o Prêmio Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!