Prêmio gera envolvimento entre eleitor e parlamentar, afirma presidente da Anafe

O Prêmio Congresso em Foco aproxima o eleitor dos parlamentares e reforça as instituições democráticas, avalia o presidente da Associação Nacional dos Advogados Públicos Federais (Anafe), Marcelino Rodrigues. Para ele, a iniciativa obriga os congressistas a prestarem contas do mandato à sociedade.

A votação na internet começou no dia 1º e vai até 31 de agosto. Os melhores parlamentares do ano também serão apontados por um júri especializado e por jornalistas que cobrem o Congresso. Os ingressos para a festa de premiação, em 19 de setembro, já estão à venda. Garanta já o seu lugar!

De acordo com Marcelino Rodrigues, a Anafe apoia o prêmio para demonstrar seu apreço às instituições democráticas. “Mostra que nós não estamos do lado daqueles que querem fechar o Congresso ou que querem apenas criticar. Estamos ao lado daqueles que querem construir o Congresso, que é tão importante para a democracia”, afirma Marcelino. A entidade representa 4 mil associados entre servidores ativos e aposentados do quadro da Advocacia-Geral da União (AGU).

Marcelino explica que a associação está preocupada com tentativas de enfraquecimento das chamadas carreiras típicas de Estado, como a própria advocacia pública. “Temos em mente que essas carreiras têm uma importância para o Estado brasileiro, para a construção da sociedade e todo desenvolvimento. Em torno disso, acabam enfraquecendo atividades que são tão importantes para o Estado, o que pode, de alguma forma, prejudicar a sociedade como um todo”, afirma.

A Anafe representa as carreiras de advogado da União, procurador federal, procurador da Fazenda Nacional e procurador do Banco Central. Esses servidores são responsáveis pela representação judicial e pela orientação jurídica de 159 autarquias e 22 ministérios que formam o Poder Executivo Federal, representando também judicialmente os Poderes Legislativo e Judiciário.

Até o fim do mês, você poderá escolher aqueles deputados e senadores que melhor representam a população no Parlamento e atuam com mais destaque em três áreas temáticas:  Clima e Sustentabilidade, apoiada pelo Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS); Apoio ao Empreendedorismo; e Valorização dos Bancos Públicos, que é assinada pela Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (Anabb).

A seleção na internet é feita de forma paralela à votação do júri especializado e a dos jornalistas que fazem a cobertura do Congresso Nacional. Estão aptos a serem votados apenas aqueles parlamentares que exerceram o mandato por ao menos 60 dias este ano e que não respondem a investigações ou acusações criminais.

> Veja as últimas parciais da votação na internet

Quem apoia o prêmio:

> Veja o regulamento do prêmio

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!