Prêmio celebrará construção da democracia

Cerimônia de premiação do Prêmio Congresso em Foco este ano terá como tema a ideia de que a democracia é uma obra de todos, que exige a participação e a cobrança constante dos cidadãos

“Ninguém pretende que a democracia seja perfeita ou sem defeito. Tem-se dito que a democracia é a pior forma de governo, salvo todas as demais formas que têm sido experimentadas de tempos em tempos”

A frase acima é de Winston Churchill, célebre primeiro-ministro da Inglaterra nos difíceis tempos da II Guerra Mundial, quando a única coisa que ele podia prometer a seus cidadãos era “sangue, suor e lágrimas”. A frase é o melhor resumo já feito sobre o que seja a democracia. Todos os dias, criticamos o Congresso Nacional, os políticos, seus desmandos e privilégios. Mas todos os dias constatamos também que não há forma de organização política melhor que ela. Principalmente pelo próprio fato de a democracia permitir que a crítica a ela se faça livremente. É nos protestos e nas cobranças que ela se aperfeiçoa. As milhares de pessoas que saíram às ruas na última quarta-feira (12) são o melhor exemplo de como a democracia cresce na crítica, se os anseios dos cidadãos são ouvidos e correspondidos.

A cerimônia de entrega do Prêmio Congresso em Foco 2011, mais do que mera festa de confraternização com a classe política, pretende este ano ser uma celebração disso: da constatação de que a democracia é uma obra de todos, e que só pode frutificar e se aprimorar com a participação dos cidadãos.

Democracia é uma obra permanente, dinâmica e coletiva. Cada um de nós é responsável por colocar um tijolo nessa construção, tanto aqueles que votam quanto os que são eleitos. Esse será o tema da festa de premiação. Assim, mais que mero evento social, a festa, que acontecerá no dia 7 de novembro em Brasília, no Espaço Porto Vitória, será um convite para a difusão de uma nova cultura política. Um momento para lembrar que o Congresso, com todos os seus defeitos e suas qualidades, é um produto das nossas escolhas. Cabe a nós, portanto, zelar por ele, fiscalizando, protestando quando necessário e contribuindo para o seu aprimoramento.

Joio do trigo

E, nesse sentido, ser capaz de separar o joio do trigo, identificando entre os parlamentares aqueles que têm uma preocupação com os anseios da sociedade e é por ela que lutam, é uma tarefa de cidadania. É o que pretende o Prêmio Congresso em Foco, já na sua sexta edição. Identificar os deputados e senadores que fazem a diferença, e homenageá-los por isso.

A partir de seu formato, o Prêmio Congresso em Foco visa estabelecer um padrão de comportamento que os eleitores, de um modo geral, buscam para os políticos brasileiros. Pouco importa na avaliação o quão poderosos são os políticos, quantos cargos eles conseguiram indicar no governo federal, que posições de destaque ocuparam, em quem eles mandam. O que importa mais é o grau de preocupação desses políticos com os problemas da sociedade, e de que forma eles atuam para, de alguma forma, resolver ou, pelo menos, minorar esses problemas.

É esse o pensamento que abarca a maioria das pessoas que votam nas duas etapas de votação do prêmio. Na primeira etapa, os jornalistas que cobrem o Congresso Nacional escolhem livremente os deputados e senadores que, na sua opinião, mais se destacaram, na categoria geral e nas categorias especiais. Este ano, votaram nessa primeira etapa 267 jornalistas dos diversos veículos de comunicação credenciados para atuar no Congresso. Os dez senadores e os 25 deputados mais votados formaram a lista dos finalistas. Os cinco parlamentares (deputados ou senadores) mais lembrados são os finalistas nas categorias especiais. Quando houve empate no número de votos dos últimos a entrar na lista, o número de finalistas foi acrescido.

A lista com esses finalistas foi colocada, então, para a avaliação final dos internautas. Uma demonstração de que tanto os jornalistas quanto os internautas entenderam o espírito por trás do prêmio é que nunca, em nenhuma das seis edições do prêmio, um político envolvido em denúncias de corrupção foi lembrado. É o que explica o diretor do Congresso em Foco, Sylvio Costa, nesta entrevista à Rádioweb.

Clique aqui para ouvir a entrevista

Ao contrário dos anos anteriores, este ano resolvemos não divulgar o resultado final da premiação logo depois do término da votação, que se encerrou no último dia 9 de outubro. Os vencedores, tanto nas categorias gerais quanto nas seis categorias especiais (Parlamentar de Futuro – para deputados e senadores com menos de 45 anos –; Defesa da Democracia e da Cidadania; Defesa do Consumidor; Defesa dos Municípios; Defesa da Segurança Jurídica e da Qualidade de Vida, e Promoção da Saúde) só serão conhecidos durante a festa de premiação, no dia 7 de novembro.

Parceiros

Prêmio Congresso em Foco 2011 conta com o patrocínio da Ambev e da Petrobras.

Petrobras elogia Prêmio Congresso em Foco
Congresso em Foco premia parlamentar de futuro

Apoiam o prêmio a Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), o Sindicato Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical), a Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), a Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg/BR), a Associação Nacional de Registradores de Pessoas Naturais (ArpenBrasil), a Federação Brasileira das Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite), e a Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip).

Leia também:

APCF será parceira do Prêmio Congresso em Foco

Anfip está no Prêmio Congresso em Foco

Febrafite fecha apoio ao Prêmio Congresso em Foco

Radioweb apoia Prêmio Congresso em Foco

Reconhecimento pela identificação com o consumidor

Associações de cartórios premiarão segurança jurídica

Frente de prefeitos confirma apoio ao prêmio

Tudo sobre o Prêmio Congresso em Foco

São parceiros do Prêmio Congresso em Foco o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal e a Agência Rádioweb.

Leia tudo sobre o Prêmio Congresso em Foco 2011

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!