Cristovam vence na defesa da inovação tecnológica

Entre os indicados pelos jornalistas, senador do Distrito Federal foi o mais votado pelos internautas nessa nova categoria do Prêmio Congresso em Foco. Internautas incluem Randolfe entre destaques

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) foi o parlamentar que mais se destacou na Defesa da Inovação Tecnológica, uma das novas categorias especiais do Prêmio Congresso em Foco. Indicado pelos jornalistas que participaram da primeira fase de votação, Cristovam recebeu o maior número de votos na internet.

 

A deputada Luiza Erundina (PSB-SP) foi o segundo nome mais votado. O deputado Alessandro Molon (PT-RJ) obteve a terceira colocação. Na sequência, ficaram os senadores Walter Pinheiro (PT-BA), Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) e Eduardo Braga (PMDB-AM).

Pela primeira vez, os internautas também puderam acrescentar um nome à lista dos jornalistas em cada categoria. Na Defesa da Inovação Tecnológica, o indicado pelos internautas foi o senador Randolfe Rodrigues (Psol-AP).

Cristovam

Recifense, 68 anos, Cristovam está no segundo mandato no Senado. Engenheiro mecânico, fez doutorado em Economia na Universidade de Sorbonne, em Paris, onde se exilou durante a ditadura. Foi chefe de projetos para a América Latina no Banco Mundial (BID) e reitor da Universidade de Brasília (UnB).

Como governador pelo PT, instituiu o Bolsa-Escola. Foi o primeiro ministro da Educação do governo Lula. Já pelo PDT, disputou a Presidência da República em 2006. Foi considerado o melhor senador pelos internautas quatro vezes. É destaque também na Defesa da Inovação Tecnológica.

O prêmio

Em sua sétima edição, o Prêmio Congresso em Foco tem como objetivo estimular o cidadão eleitor a seguir de perto, e de modo permanente, as atividades do Legislativo. A ideia é fiscalizar e acompanhar tanto para dar puxões de orelhas na maioria que nos decepciona na arena legislativa, mas também para valorizar quem sabe honrar o voto que recebeu nas urnas.

O Prêmio Congresso em Foco 2012 tem o patrocínio da Ambev, da Petrobras e da Souza Cruz, e o apoio da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), da Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg/BR), da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (ArpenBrasil), da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip) e do Sindicato Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical).

Também apoiam o projeto a Federação Brasileira de Associações Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite), a Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais (Anadef), a Associação Nacional dos Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental (Anesp), a Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), a Associação Nacional dos Advogados da União (Anauni), o Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional (Sinprofaz) e a União dos Auditores Federais de Controle Externo (Auditar) e a agência de comunicação Inpress Oficina.

A iniciativa tem ainda o apoio institucional do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal, da Agência Radioweb, da Fábrica de Ideias e da ONG carioca A Voz do Cidadão, que mantém programa de mesmo nome na Rede CBN de Rádio.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!