Anfip está no Prêmio Congresso em Foco 2011

Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil está entre os apoiadores desta edição do prêmio que distingue os melhores deputados e senadores a cada ano

“Prefiro o Parlamento, com todos os seus defeitos, que a bota da ditadura correndo atrás de mim”. É com essa frase que o presidente da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip), Álvaro Sólon de França, resume a decisão da associação de apoiar a sexta edição do Prêmio Congresso em Foco. “O prêmio é uma iniciativa fantástica, porque estimula as pessoas a vigiarem e avaliarem a atuação dos parlamentares”, elogia Álvaro.

“Vivi uma época dura, em que o Congresso ficou fechado”, lembra o presidente da Anfip, referindo-se aos tempos mais duros da ditadura militar. “Não há na história moderna nenhum regime ditatorial que tenha provocado avanços. As ditaduras só provocam pobreza e concentração de renda”, sentencia. Ao procurar distinguir a cada ano os parlamentares que fazem a diferença, o Prêmio Congresso em Foco valoriza a boa atuação do Parlamento, e ajuda a aperfeiçoá-lo. É nesse sentido que a Anfip resolveu tornar-se uma das apoiadoras da iniciativa na sua edição 2011.

Associação já sexagenária, criada em 22 de abril de 1950, a Anfip congrega os auditores fiscais da Receita e, na sua relação com o Congresso Nacional, tornou-se uma referência, especialmente na área tributária e da seguridade social. “Funcionamos como uma espécie de assessoria para os parlamentares nessas áreas, porque temos vários estudos, vários levantamentos que os ajudam, além dos nossos posicionamentos nas questões atinentes a esses temas”, explica Álvaro. A Anfip tem,por exemplo, uma fundação destinada a promover estudos na área da seguridade social. “Nós entendemos que não podemos trabalhar apenas de forma corporativista, mas sim em consonância com os anseios sociais”, diz Álvaro.

No momento, a Anfip acompanha de perto o debate sobre a criação de um fundo de previdência complementar para os funcionários públicos, uma solução que é defendida pelo governo, especialmente pelo Ministério da Previdência. “Entendemos que há um equívoco do governo nessa questão”, diz Álvaro. “Essa proposta só oferece aos servidores uma única certeza: com quanto eles irão contribuir. Porque não há nenhuma certeza sobre o valor do benefício que eles vão receber e por quanto tempo”, prossegue. Além disso, ele alerta, criará o monopólio de uma instituição milionária que vier a ser escolhida para gerir os recursos do fundo no mercado financeiro. “Essa não é a melhor saída”, avalia, adiantando que a Anfip trabalha para oferecer aos parlamentares emendas ao projeto que possam aperfeiçoá-lo.

Última semana para votar

E o Prêmio Congresso em Foco está na sua reta final. O prazo de votação na internet dos melhores de 2011 termina no domingo (9). Qualquer pessoa pode entrar na página de votação e escolher os deputados e senadores que, na sua opinião, mais se destacaram neste ano, nas categorias gerais e em seis categorias especiais.

ENTÃO, SE VOCÊ AINDA NÃO VOTOU, AINDA HÁ TEMPO. ENTRE AQUI E ESCOLHA OS PARLAMENTARES QUE FIZERAM A DIFERENÇA EM 2011

Os finalistas para cada edição do prêmio são escolhidos pelos jornalistas que cobrem o Congresso Nacional. Os dez senadores e os 25 deputados mais votados pelos jornalistas (quando há empate no final, como este ano, a lista cresce para abrigar os que tiveram o mesmo número de votos) formam a lista de finalistas. Essa lista é submetida à votação dos internautas para a escolha final dos melhores a cada ano. Essa votação chega agora à reta final. O prazo final para a votação no Prêmio Congresso em Foco 2011 é domingo, 9 de outubro.

Este ano, o nome dos vencedores nas categorias gerais e nas categorias especiais só será conhecido na própria festa de premiação, marcada para o dia 7 de novembro. O último boletim parcial de votação foi divulgado na última sexta-feira, 30 de setembro, e será ele a última informação sobre a votação antes da entrega do prêmio. De acordo com esse boletim, os sempre finalistas do prêmio estavam assim posicionados:

Padrão de comportamento

A partir de seu formato, o Prêmio Congresso em Foco visa estabelecer um padrão de comportamento que os eleitores, de um modo geral, buscam para os políticos brasileiros. Pouco importa na avaliação o quão poderosos são os políticos, quantos cargos eles conseguiram indicar no governo federal, que posições de destaque ocuparam, em quem eles mandam. O que importa mais é o grau de preocupação desses políticos com os problemas e anseios da sociedade, e de que forma eles atuam para, de alguma forma, resolver ou, pelo menos, minorar esses problemas.

É esse o pensamento que abarca a maioria das pessoas que votam nas duas etapas de votação do prêmio. Na primeira etapa, os jornalistas que cobrem o Congresso Nacional escolhem livremente os deputados e senadores que, na sua opinião, mais se destacaram, na categoria geral e nas categorias especiais. Este ano, votaram nessa primeira etapa 267 jornalistas dos diversos veículos de comunicação credenciados para atuar no Congresso. Os dez senadores e os 25 deputados mais votados formaram a lista dos finalistas. Os cinco parlamentares (deputados ou senadores) mais lembrados são os finalistas nas categorias especiais. Quando houve empate no número de votos dos últimos a entrar na lista, o número de finalistas foi acrescido.

A lista com esses finalistas é colocada, então, para a avaliação final dos internautas, que podem entrar na página do site e votar nos nomes de sua preferência. Uma demonstração de que tanto os jornalistas quanto os internautas entenderam o espírito por trás do prêmio é que nunca, em nenhuma das seis edições do prêmio, um político envolvido em denúncias de corrupção foi lembrado. É o que explica o diretor do Congresso em Foco, Sylvio Costa, nesta entrevista à Rádioweb.

Clique aqui para ouvir a entrevista

Parceiros

Prêmio Congresso em Foco 2011 conta com o patrocínio da Ambev e da Petrobras.

Petrobras elogia Prêmio Congresso em Foco
Congresso em Foco premia parlamentar de futuro

Apoiam o prêmio a Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), o Sindicato Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical), a Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), a Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg/BR), a Associação Nacional de Registradores de Pessoas Naturais (ArpenBrasil), a Federação Brasileira das Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite), e a Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip).

São parceiros do Prêmio Congresso em Foco o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal e a Agência Rádioweb.

Leia tudo sobre o Prêmio Congresso em Foco 2011

Continuar lendo