Prêmio Congresso em Foco 2021: a lista preliminar dos aptos na Defesa da Educação

Pelo segundo ano consecutivo, o Prêmio Congresso em Foco vai reconhecer e homenagear este ano os parlamentares que mais têm se destacado na defesa de propostas legislativas e de ações públicas em favor da promoção de uma educação inclusiva e de qualidade.

A lista preliminar dos aptos a concorrer a essa categoria especial foi elaborada a partir de critérios técnicos, que levam em conta votações e participação dos parlamentares nas discussões sobre o tema. A categoria especial Defesa da Educação tem o apoio do Todos pela Educação, entidade do terceiro setor especializada no assunto.

Conforme o regulamento, estão aptos os congressistas que exerceram o mandato por ao menos 60 dias este ano e que não são investigados por suspeita de práticas criminosas, nem respondem a ações penais ou de improbidade administrativa.

A relação a seguir pode ser modificada até o dia 26. Até lá parlamentares podem pedir a inclusão ou a exclusão de nomes, com a respectiva justificativa. A lista final dos concorrentes em todas as categorias – Melhores na Câmara, Melhores no Senado, Mulheres na PolíticaClima e Sustentabilidade, patrocinada pelo Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS), e Defesa da Educação – será divulgada no próximo dia 30.


Você pode nos ajudar, contribuindo para aprimorar a lista, fazendo contestações ou repassando informações para o email 
premio@congressoemfoco.com.br

Criada em 2006, o Todos pela Educação é uma organização da entidade civil, que não recebe recursos públicos, e tem como principal objetivo assegurar o direito à educação básica de qualidade para todos os brasileiros até 2022.

Veja o regulamento do Prêmio Congresso em Foco 2021

A votação na internet começa no próximo dia 1º e vai até 30 de setembro. Os vencedores serão conhecidos em cerimônia no dia 21 de outubro. O prêmio tem como principais objetivos fortalecer a democracia, estimular a cidadania a avaliar o desempenho de deputados e senadores e valorizar aqueles que, no entendimento da sociedade, melhor a representa.

Assim como nas edições passadas, os parlamentares premiados serão definidos por três grupos: pelo público, em votação aberta na internet; por 25 jornalistas que acompanham o Congresso para diferentes veículos jornalísticos; e por um júri especializado composto por seis integrantes.

O regulamento também prevê, ainda, a exclusão “parlamentar que, por atos e declarações, fizer a apologia da tortura, da violência e de outras práticas em flagrante confronto com o exercício dos direitos humanos fundamentais”. Esses requisitos são exigidos para a disputa a qualquer categoria.

Veja a lista preliminar dos aptos às categorias gerais de Melhores na Câmara e Melhores no Senado

Confira a lista preliminar de aptos à categoria especial Clima e Sustentabilidade

A lista preliminar das parlamentares aptas na categoria Mulheres na Política

Quem apoia o prêmio:

Continuar lendo