Guedes quer dançar

"Chegamos ao baile atrasados e agora queremos dançar com todos", frase do ministro Paulo Guedes (Economia) , em referência ao atraso do Brasil em expandir suas relações econômicas com diversos países.

Guedes sinalizou a busca de acordo de livre comércio com a China. Delegações da China, Rússia , Índia e África do Sul chegaram a Brasília para a Cúpula do Brics .

Os chefes de Estado destes países vão ter um "tête à tête" com o presidente Bolsonaro , em encontros bilaterais entre hoje e amanhã.

Mais rápido que JK

"40 anos em 4", outra frase do dia de Guedes para reafirmar a meta de se "recuperar o tempo perdido".  Se Juscelino Kubitschek com seus "50 anos em 5 de desenvolvimento" construiu Brasília, a nova capital, Guedes se arvora em construir a integração do Brasil
com o mundo em 4.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!