Decreto prorroga suspensão de atividades no DF até 31 de maio

As aulas no Distrito Federal estarão suspensas até 31 de maio. E o isolamento social estará vigente até 3 de maio.

A prorrogação dos prazos acabou de sair em edição extra do Diário Oficial, publicada na noite desta quarta (1). O último decreto previa a quarentena até 13 de abril.

O governador Ibaneis Rocha já tinha sinalizado, na manhã desta quarta-feira (1/4), em entrevista, que as aulas no DF só deveriam retornar em junho.

Alguns pontos da quarentena foram flexibilizados. A partir desta quinta-feira (2/4), as feiras permanentes poderão funcionar exclusivamente para comercializar alimentos. Mas fica proibido o funcionamento de restaurantes e praças de alimentação.

A ampliação do prazo de isolamento se deve ao avanço do coronavírus na capital. O DF é a unidade da Federação com maior incidência de infectados a cada 100 mil habitantes. Hoje ocorreu a quarta morte na DF pelo coronavírus.

Leia a íntegra do decreto 40.583

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!