Celina armou a jogada, Prudente fez o gol

Já como candidato natural à reeleição, o presidente da Câmara Legislativa do DF, deputado Rafael Prudente (MDB), comemorou ontem a mudança na Lei Orgânica que permite a sua recondução.

Apesar de negar que já seja candidato, Prudente trocou mensagens com a deputada federal Celina Leão (PP-DF) celebrando a vitória. Foi ela que, em 2016, como então presidente da Câmara Legislativa, levou o debate ao plenário e conseguiu aprovar em primeiro turno a proposta.

Na época , Prudente já era colega de Celina como deputado distrital e corregedor da Câmara.

A proximidade dos dois já levantou suspeitas do Ministério Público. A então presidente da Câmara foi questionada por suposto uso de influência no Detran para favorecer empresas ligadas a Prudente em contratos. A suspeita veio a partir de uma denúncia anônima, porém negada por Celina à época.

Prudente, que se absteve da votação ontem, afirmou à coluna que não quer antecipar o debate eleitoral da Casa e que ainda não se considera candidato.

Preferi não participar da votação, para não interferir. E ainda está cedo para eu colocar alguma candidatura. Temos 1 ano pela frente.  Agora, há muitos assuntos importantes da cidade para tratar."
No Brasil , 16 assembleias legislativas permitem a reeleição da mesa diretora. Ocorreram tentativas anteriores no DF para que a proposta fosse aprovada, mas que perderam força política pelo meio do caminho.
Celina Leão, em 2016, conseguiu avançar até a aprovação em primeiro turno , mas ficou nisso. Com meio caminho andado, Prudente agora, 3 anos depois, conseguiu reunir forças, ressuscitar o projeto e aprová-lo em segundo turno.
 CNC
O deputado distrital  foi muito cumprimentado pela vitória política, ontem, durante a solenidade em que entregou o título de cidadão honorário de Brasília ao presidente da Confederação Nacional do Comércio (CNC), José Roberto Tadros. O evento foi no auditório da sede da entidade, no Setor Bancário Norte.
A Proposta de Emenda à Lei Orgânica do Distrito Federal (Pelo) que premite a reeleição da mesa diretora foi aprovada ontem à tarde, com 18 votos. Cinco distritais foram contrários: Arlete Sampaio (PT), Chico Vigilante (PT) , Fábio Felix (PSol), Júlia Lucy (Novo) e Reginaldo Veras (PDT).

Leia mais
Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!