Congresso em Foco

O presidente do PSL, Gustavo Bebianno[fotografo]Reprodução[/fotografo]

Partido de Bolsonaro quer que PGR investigue esquema sobre fake news

20.10.2018 12:05 4

Publicidade

4 respostas para “Partido de Bolsonaro quer que PGR investigue esquema sobre fake news”

  1. carpit1984 disse:

    A FAIA de SP mancomunada com a organização criminosa para criar fake news. Chocante como outros órgãos de comunicação estão deixando de barato isso. PSL tem que processar mesmo a FAIA de SP e os reporteres comunalhas que assinam a “reportagem”.

    Faia e PT… tudo a ver. Fadados a preencher o lixo do OSTRACISMO.

  2. Geovane Faria disse:

    Pois é, seu Bebianno, enquanto muitos tavam preocupados c/ “fraude” nas urnas,
    seu partido praticou o maior ato de estelionato eleitoral já visto. Distraíram direitinho!

    Denúncia da Folha de S. Paulo:
    empresas pró Jair Bolsonaro (PSL) compram pacotes dos chamados ‘disparo em
    massa’, usando o banco de usuários do próprio candidato ou bancos vendidos por
    agências de marketing digital p/ fazer disparos de mensagens contra Haddad e o PT.
    Cada contrato chega a R$ 12 milhões , o suficiente p/ propagar
    centenas de milhões de textos, áudios, fotos, vídeos e memes.

    A prática viola a legislação eleitoral, que veda a doação de campanha por
    empresas, além de ser crime de caixa 2. A lei eleitoral também proíbe comprar bases de dados de terceiros, só permitindo o uso das listas de apoiadores do próprio candidato (números cedidos
    voluntariamente).

  3. Valdir disse:

    A PGR já pediu que a PF investigue as Fake News, mas para os dois lados.
    Vamos ver qual será a reação dos PTralhas.
    Eu apostaria que vai ser a mesma quando acusaram que deram tiros no ônibus da caravana do presidiário. Como as investigações estavam chegando no próprio PT (inclusive com vídeo da amante colocando os pregos num dos pneus do ônibus), aí abandonaram as investigações e até hoje não se fala mais nisso.
    Outro assunto que está sendo esquecido são as investigações da tentativa de assassinato do Bolsonaro. Tem uma investigação em curso, mas a mídia está calada. Deveriam cobrar diariamente como fizeram com o caso Marielle.
    JB17

  4. Fábio disse:

    Está certo. É preciso contra-atacar. E de processo o Haddad entende, afinal tem 32.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via