Congresso em Foco

Frente Parlamentar Agropecuária, presidida pela deputada Tereza Cristina (DEM-MS) apoia Bolsonaro desde o primeiro turno[fotografo]Reprodução / YouTube[/fotografo]

Líder ruralista confirma contato com Bolsonaro para falar sobre eventual governo

16.10.2018 22:55 20

Publicidade

20 respostas para “Líder ruralista confirma contato com Bolsonaro para falar sobre eventual governo”

  1. Jean Lima disse:

    ” Ela garante que não foram oferecidos cargos”.SIMPLES ASSIM. O motivo do DESESPERO é até de fácil entendimento. Como já foi dito pelo próprio BOLSONARO, essas mamatas de dinheiro PÚBLICO vão acabar, daí os “jornalistas” caíram a ficha que terão de MOSTRAR SERVIÇO E MENDIGAR ASSINANTES, do contrário PASSARÃO FOME. KKkkkkkkkk

  2. SK15 disse:

    Serio isso? Diziam que ele não tem apoio, agora que ele quer fazer o certo uma coalizão em prol de algum interesse comum e tentar dar o ministério a alguém que ‘em tese’ entende do assunto ele ta rifando cargo? Pelo que entendo ele quer nomes e vai escolher um adequado e não como sempre ocorreu do pessoal querer empurrar na marra igual ocorreu com a filha do Roberto Jefferson que ninguém queria e queriam colocar ela na marra no ministério do trabalho, por favor mais coerência ou é pedir muito desse povo que não enxerga o obvio.

  3. Valdir disse:

    Deixe-me ver se entendi:
    1 – O título da matéria deixa a entender, implicitamente, que o presidenciável irá colocar um político no ministério da agricultura, que está agindo no “toma lá, dá cá”, como vinha sendo feito pelos governos tucanos e petistas;
    2 – Aí, no conteúdo da matéria, explica que ele apenas pediu sugestões à bancada que é formada por pessoas do ramo, e aí cita um nome já cotado, o do ruralista Luiz Antônio Nabhan Garcia, que é desconhecido e que não é “político”, e que nada tem a ver com a FPA, como foi o caso da tal da Kátia Abreu.
    É isso mesmo?
    Qualquer semelhança com os jornais “O Dia” e “Extra”, não é mera coincidência! Puro sensacionalismo e desespero de esquerdopatas que terão que deixar de mamar nas tetas estatais…….

  4. Emerson Guerra disse:

    Galerinha do UOL tá desesperada porque o Bolsonaro ganhou a eleição. É, vai ter que começar a fazer jornalismo de verdade para se manterem ou vai desaparecer.

  5. João Pedro disse:

    Não entendi muito bem o propósito dessa matéria.. Ao meu ver, oferecer cargos não é fazer indicação, ele fez isso com Paulo Guedes e o mesmo aceitou o cargo.. Qual o problema nisso!? Não vejo contradição..

  6. Fábio disse:

    Conclusão apressada e distorcida da repórter. Sempre tenham atenção ao ler este site, pois ele é declaradamente esquerdista e se utiliza de todos os subterfúgios para ajudar o marmita de presidiário.
    Ora, desde quando conversar com uma frente agropecuário significa lotear cargos em eventual ministério? Quem certamente fará isso é Haddad, não tenham dúvidas, sabemos pelo histórico de seu partido, pelos petrolões da vida, inclusive.
    Bolsonaro, de outro lado, já disse que quer um representante do setor agropecuário frente ao Ministério da Agricultura. Sendo assim, qual o problema em colher nomes junto aos seus representantes no Congresso? Dizer que disso resultará uma indicação política, sem qualquer embasamento técnico, como era usual com o PT no governo, é apenas uma ilação apressada, uma torcida da jornalista antibolsonarista.

  7. Waguitu disse:

    Esse é o problema, quem promete e não têm intenção não procura, nem passa perto, muito menos cogita a possibilidade. O fato das pessoas não questionarem essa atitude do Bolsonaro, dentre outras só diz o quão cegas estão sobre ele.

    • Fábio disse:

      Sua solução então é votar no adversário que, sem qualquer dúvida, loteará os ministérios com nomes não técnicos, apenas políticos, como demonstra o histórico petista?

      • Waguitu disse:

        Eu não disse que votaria no PT? Não saberia se votaria no Haddad ou no PT, qual deles é o pior. O Bolsonaro já tendo um nome, o do seu amigo, para que procurar indicação de uma representante política que pode ou não dar indicações políticas contrariando sua afirmação de combate a esse tipo de indicação? Não é melhor evitar e fazer em último recurso, além do próprio amigo poder fazer essa indicação? Quanto ao seu comentário sobre a conclusão da reporter, você têm razão, ela manipulou toda a reportagem.

  8. Monteiro disse:

    Já vi esse filme com Collor, o caçador de marajás, depois de dois anos de eleito renunciou, mas mesmo assim foi cassado por corrupção.

    • Fábio disse:

      Diferença é que o Bolsonaro tem trinta anos de vida pública e nenhum envolvimento na corrupção. Não é alguém que nunca esteve no poder.
      Collor está mais para Haddad, que se vende como honesto enquanto é fantoche de presidiário e tem 32 processos nas costas.

    • janco tianno disse:

      Eu vi esse filme.
      Depois esse Collor retornou e se aliou ao Lula.
      E desde então os governos que existiram foram só PSDB e PT, como se fossem eternos adversários. E agora no fim desse café-com-leite, o PT se alia a todos: MDB (os golpistas), parte do PSDB…enfim.
      Bem vindo ao novo filme, aonde até você aceita passar de palhaço para defender o PT.

  9. Bento Sartori de Camargo disse:

    Aos mocorongos de plantão: “pedir sugestão a uma bancada” não significa explicitamente que será necessariamente um politiqueiro da tal bancada, caso isso aconteça o mito estaria cuspindo no prato pois afirmou isso mais de uma vez!.

    • Fábio disse:

      Exatamente. Mas a essa altura já estou acostumado com a maledicência da mídia. O marmita de presidiário está 20 pontos atrás de Bolsonaro: imagine o desespero nas redações vermelhas, totalmente psolizadas?

  10. Heddy Zeno disse:

    É preciso ser muito ingênuo ou bastante malicioso para continuar defendendo o candidato mais mentiroso e mais intolerante da história do Brasil. O “capitão” é um segundo Collor piorado em diversos aspectos. Quem não se lembra ou leu sobre o “caçador dos marajás”?

    • almir machado disse:

      ele deveria chamar médicos e artistas para assumir Agropecuária! . #babacalulatapreso

    • Fábio disse:

      Tem razão! Melhor votar no marmita de presidiário, que tem 32 processos nas costas, integra o partido do petrolão e da maior crise econômica da história. Bem mais decente, não?

    • janco tianno disse:

      Mas o Collor já voltou a ser aliado do Lula.

      Aliás, há 4 anos, Alckmin era fascista, Marina era o Collor de saias, Aécio Neves era o novo Collor.

      Conclui-se os Petistas acham que estamos em 1989, e qualquer candidato que vença o Lula é sempre o Collor.
      Atualize-se.

  11. Filipe Costa disse:

    Depois reclamam que a gente cai matando em cima!! ISABELLA, agora me responde se o candidato vai procurar um futuro ministro pedindo ajuda da bancada do transportes?! Sem condições de levar a sério uma reportagem dessa.

    Cadê IMPARCIALIDADE songa monga!!

  12. Lucilene Rodrigues disse:

    O candidato vai governar com os alienígenas?! #SQN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via