Leia também

Congresso em Foco

Os governadores Eduardo Leite (PSDB-RS) e João Doria (PSDB-SP). [fotografo] Reprodução / Twitter / João Doria [/fotografo].

Ala do PSDB tenta fortalecer Eduardo Leite para barrar Doria em 2022

10.02.2021 11:03 4

4 respostas para “Ala do PSDB tenta fortalecer Eduardo Leite para barrar Doria em 2022”

  1. Fabio Martins disse:

    Dória se vendeu como “gestor” pra vencer a eleição na maior cidade do país, mas traiu seus eleitores ao se candidatar a governador tendo, antes, prometido que iria cumprir o mandato até o fim; se elegeu governador com o slogan BolsoDória, agora está virando um pária dentro de seu próprio partido, que por sua vez em NADA difere de DEM, MDB, dentre outros da maior escória política do país, o Centrão. Ninguém mandou mexer com esterco (Bolsonaro). Agora, o cheiro de esterco o acompanhará até o fim de sua carreira na política…

    • Jorge Teixeira Carneiro disse:

      Eu só me lembro que estes estercos de PMDB e Centrão citados por você também fizeram parte do governo federal entre 2003 e 2016.
      Engraçado, e na época não me lembro deles serem associados a esterco.
      E alguns adubavam ministérios por anos.

      • Fabio Martins disse:

        Se você refrescar a memória, desde Sarney que A MAIOR ESCÓRIA DO PAÍS (CENTRÃO) toma conta de TODOS os governos. Collor vendeu seu governo ao ACM pra tentar se safar do impeachment (quem faz pacto com o diabo, já sabe…); FHC idem, pra garantir que o projeto de reeleição fosse aprovado (conseguiu); Lula só virou presidente porque deu a vice-presidência ao José de Alencar, mega empresário bilionário, conservador e ligado aos militares, pra depois vender a alma ao Centrão pagando o infame MENSALÃO (que aconteceu com todos os governos anteriores, mas a grande mídia brasileira jogou pra debaixo do tapete); por fim, Dilma recebeu o presente de grego de Lula, com seu governo todo loteado ao mesmo infame Centrão e deu no que deu, inclusive com a própria “militância esquerdista” criticando-a, ou você se esqueceu que os primeiros protestos a partir de 2013 partiram de estudantes contra o aumento das passagens de ônibus em SP? (“não é só por 20 centavos”, lembra?).

        Sobre o ESTERCO, digo, Bolsonaro, ele é apenas MAIS UM a vender seu governo a essa escória e enviando a conta disso pro povo em forma de inflação, juros altos, miséria, desemprego e perda de direitos (mais?!?). Só que Bolsonaro merece a alcunha de ESTERCO porque NUNCA PRESTOU PARA NADA em seus 28 anos de atuação nula no Congresso e muita mamata pros filhos, parentes e amigos milicianos. O Centrão é a maior escória da política brasileira porque dá as cartas desde que ele existe (Arena, PDS, PFL, e agora DEM). Bolsonaro era um daqueles políticos inúteis e bizarros que se elegia sucessivamente vomitando pela boca como sempre o fez, era o baixo clero da política corrupta brasileira porque precisava praticar corrupção de baixo nível (RACHADINHAS, FUNCIONÁRIOS FANTASMAS, LARANJAS) pra faturar além do super salário de deputado e seus privilégios idem. Agora, ele finalmente teve acesso àquilo que sempre almejou. Mas continua sendo um ESTERCO. Ainda sobrevive porque tem uma base de fanáticos descerebrados que comeriam cocô pelo seu mito e sabe que pra se manter no poder ele tem que vender a alma pro Centrão, que topa qualquer negócio, seja o presidente de direita, esquerda, ou da PQP.

        Satisfeito?

        • Jorge Teixeira Carneiro disse:

          Um texto bastante longo e explicativo.
          O Sarney participava do loteamento na Transpetro.
          Os outros caciques do PMDB também, são muitos, não vou citar.
          E o Collor, o Lula ordenou à Dilma entregar a BR Distribuidora para ele “administrar”.
          E ele ”tirou milhões da pobreza” também.
          Usou 6 milhões para comprar Ferrari e Lamborghini.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via