Congresso em Foco

[fotografo]Leopoldo Silva/Agência Senado[/fotografo]

TCU recomenda investigação da compra de 700 toneladas de picanha para militares

e

17.03.2021 18:38 4

4 respostas para “TCU recomenda investigação da compra de 700 toneladas de picanha para militares”

  1. Tim Tim disse:

    Outra coisa nebulosa desse desgoverno está na compra de máscaras KN95 ao invés de N95/PFF2. Obs: KN95 não é indicada para uso hospitalar.

    É tanta coisa. Compra de máscaras erradas, rachadinhas, testes de covid mofando no armazém…

  2. Valdir disse:

    Os caras não podem nem ajudar a manter a economia!
    Seriam descartas caso alguém não absorvesse.
    Tanto é verdade que a “Fogo de Chão” que ia jogar a carne fora, foi condenada a recontratar os 100 funcionários demitidos e pagar danos no valor de 17 milhões de reais.
    Afinal, onde já se viu demitir sendo que podiam fazer rodízio de carne no sistema “delivery”?

    • Tim Tim disse:

      É estranho o seu super herói do Planalto não ter resolvido esse problema. Desconfio que ele não consegue resolver nenhum problema.
      Meio-ambiente? Nada.
      Emprego? Nada.
      Saúde? Nada.
      Relações exteriores? Nada.
      Economia? Nada.
      Idosos? Nada.

      Parece que ele só entende de rachadinhas e papo furado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via