Congresso em Foco

Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara [fotografo] Pablo Valadares/Câmara dos Deputados [/fotografo]

Ministros militares não representam opinião das Forças Armadas, diz Maia

01.06.2020 20:16 15

Publicidade

15 respostas para “Ministros militares não representam opinião das Forças Armadas, diz Maia”

  1. CARLOS ALBERTO RANGEL disse:

    Já que o botafogo pensa que os militares do governo do PRESIDENTE BOLSONARO não representam a opinião das Forças Armadas…. penso então que o botafogo poderia “tentar” aceitar um dos pedidos ridículos de impeachment. Daí ele vai ver quem é que “tem a opinião das Forças Armadas”..

  2. Jorge Lelis Pinholi disse:

    Maia representa muito menos o povo brasileiro, teve uma insignificância de votos, perante a quase totalidade dos parlamentares. Ele não foi eleito pelo povo para exercer a presidência da Câmara, Davi não foi eleito pelo povo para ser Presidente do Senado, Ministros do Supremo não foram eleitos pelo povo. Que democracia é essa que pessoas não são eleitas pelo povo, mas sim, assumiram o poder, por meio de negociatas, conchavos e amizades com o Rei do momento? Eleições diretas para tudo, já. Aí sim, teremos um governo do povo, pelo povo e para o povo.

    • Pedro Martos disse:

      creio que cada um pode ser o que quiser e ter a vertente que lhe aprouver, mas estamos de pleno acordo, como os não eleito comandam os eleitos ? se o poder emana do do povo, o povo tem que ser ouvido, simples assim

      • CARLOS ALBERTO RANGEL disse:

        Isso quer dizer que .. se o Bolsonaro tirar os militares de seu governo.. e no lugar deles encher de deputados do CENTRÃO.. o povo estará representado? Afinal.. eles foram eleitos, não foram?

        • Pedro Martos disse:

          Com absoluta certeza sei que fui entendido, mas para variar Schopenhauer tinha razão , quando queres ganhar uma discussão use argumento que parecem verdade , ainda que não sejam .
          nunca disse isso e nem me referi a militares, mas à vertente politica de cada um seja ele militar ou civil , a mim só importa sua capacidade e honestidade , e eu nunca pré-julgo ninguém nem nada. Porém vejamos , alguém do STF recebeu as bênçãos do voto popular , os presidentes das casas legislativas foram eleitos por seus pares, o judiciário legisla e o legislativo só em causa própria , assim sendo , nem pré-julguei nem falei de militares ou centrão
          abraços

          • CARLOS ALBERTO RANGEL disse:

            Veja…. você fez sua colocação.. logo depois de uma que culpava os militares do governo pelo atual estado das coisas, SEM mencionar o que mencionou agora, que não estava falando dos militares. Então.. não estou usando MEU argumento, mas a sua FALTA de explicação sobre o seu próprio argumento.
            Ainda assim.. ninguém do STF recebeu as bênçãos do voto popular, assim como nenhum ministro de governo nenhum recebeu PARA O CARGO DE MINISTRO. O Presidente da República, tem TODA a liberdade que a Constituição lhe concede para escolher alguns cargos. E o VOTO popular é que lhe confere estes poderes. Daí.. se o Presidente da República escolher o TIRIRICA como Ministro da Economia.. O VOTO POPULAR escolheu o Tiririca, quando escolheu o Presidente da República SABENDO que ao escolhe-lo daria a este o poder para escolher o Tiririca. Ficou claro?
            Não é o brasileiro que não sabe votar, ou o Presidente da República que não sabe escolher. Tanto o brasileiro, quanto o Presidente fazem o que lha parece melhor ou mais conveniente. A nossa sociedade funciona olhando para o próprio umbigo. Não o Bolsonaro, não é o militar, não é o centrao, não sou eu ou você. SOMOS TODOS!

          • Jorge Lelis Pinholi disse:

            Ministros do governo não tem o poder final, quem detem o poder são somente os presidentes dos poderes, os demais tem poderes apenas por delegação, pois podem ser reformados por um órgão ou cargo superior. Quanto aos militares, estamos ainda aguardando as provas de que são ou foram desonestos, que perderam algum debate a que foram submetidos. Os que foram delegados para exercerem suas funções demostraram cultura e inteligência muito mais que suficiente para relegarem os que lhes atribuem a alcunha de burros a insignificância cultural e capacidade de raciocínio. Quanto ao Tiririca, embora de cultura e formação escolar semelhante ao Lula, não demonstrou incoerência ou falta de inteligência nos seus atos ou omissões.

          • CARLOS ALBERTO RANGEL disse:

            Bom.. ministros de governo tem MUITO poder sim, e este poder é delegado PELO POVO, pois o Presidente que escolheu cada ministro foi escolhido pelo povo para usar este poder.
            Militares (como outros quaisquer homens) possuem defeitos e qualidades. Por formaçao, acredito que um militar em um posto de comando na nação tem mais chances de ser correto do que alguém indicado politicamente apenas.
            Quanto ao Tiririca (ou outro da mesma estirpe) não o acho desonesto, mas acho absolutamente errado colocar para nos representar e decidir inclusive sobre as leis que regem o nosso País.. alguém que não tem formação sequer para assinar seu nome corretamente.
            Já quanto ao nove dedos.. é o pior ladrão corrupto chefe de quadrilha que este país já produziu.

        • Jorge Lelis Pinholi disse:

          Infelizmente ele está precisando fazer isso por causa das artimanhas que estão fazendo contra ele, mas todos serão vigiados e como ele já o fez com aqueles que não se comportaram de acordo com a legalidade, moralidade e trabalho, saíram ou foram retirados. Ainda continuo a dizer que democraticamente, somente aquele em que o povo elegeu, para ocupar o cargo que ocupam nos representa. Eleições direta para todos os cargos com poder, já.

          • CARLOS ALBERTO RANGEL disse:

            Bom.. seria maravilhoso se o povo pudesse ENXERGAR e principalmente QUERER o “melhor pra ele”. Vejo que o brasileiro médio,gosta é de fazer menos esforço, estudar menos, depender do estado. E isso vem de UMA ou DUAS gerações pra cá. Tenho 47 anos, e quando era garoto fui ensinado a me esforçar, estudar, trabalhar e não ficar esperando que o Estado me desse o pão. Já nos últimos 20 anos foi só isso o que vimos e o povo foi incentivado assim. Isso tem de acabar. O trabalho é que edifica o homem. O mimimi, o coitadismo, o “a culpa é das elites”.. só interessa a quem quer controlar um povo que GOSTA de “ficar de boa”.

  3. Silas A. Santos disse:

    Não podem representar, pois são políticos .

    • CARLOS ALBERTO RANGEL disse:

      Não adianta choramingar. Os militares de TODAS as Forças Armadas estão com o PRESIDENTE BOLSONARO. E se a vermelhada tentar qualquer gracinha.. “o tempo fecha”

      • Jorge Lelis Pinholi disse:

        Não se esqueça que não só os militares das FA. Militares Estaduais, tais como as PM e BM também o estão. Temos ainda outras forças tão poderosas, tais como PF, Guardas municipais, Agentes penitenciários, Polícia Civil, Todo aparato policial Federal, Empresários, e principalmente, uma esmagadora parcela da população, que só fez aumentar. Veja bem, na história da humanidade, esta última realmente esmaga. Quando cantam o (ouviram do Ipiranga) me faz lembrar ( Allons Enfants de la Patrie).

        • CARLOS ALBERTO RANGEL disse:

          Talvez estejamos falando a mesma língua. Para mim, nos ultimos 20 anos, pioramos como sociedade e como País MUITO. E para mim a culpa é de UM dos lados da política, a esquerda.

          Entendo que pioramos em ética, pioramos em relação ao respeito, pioramos nas relações familiares, pioramos no que tange a respeito às instituições, pioramos no ensino, pioramos quanto a viciar os mais pobres em programas sociais, e incentivamos a libertinagem, e o coitadismo.
          Penso que levaremos 30 anos para voltar (se é que voltaremos) a um patamar de 35 anos atrás nestes quesitos (que eram muito melhores).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via