Congresso em Foco

Partido do presidente quer punir parlamentares infiéis

Dirigentes do PSL vão punir parlamentares infiéis à sigla

10.10.2019 09:23 1

Publicidade

Uma resposta para “Dirigentes do PSL vão punir parlamentares infiéis à sigla”

  1. ERA TUDO QUE A ESQUERDA QUERIA ESTE DESENTENDIMENTO ENTRE O PRESIDENTE JAIR BOLSONARO E O PRESIDENTE DO PSL.
    Ontem eu ouvi barulho de vários fogos, com muita intensidade não entendi nada. Agora estou entendo o que estavam festejando foi simplesmente festa da esquerda por esse racha no partido do presidente Jair Bolsonaro, entre ele e o presidente do partido. Era tudo que a esquerda queria, primeira coisa que ela ira falar se ele não consegue conviver com o próprio partido dele, como ele irá conviver com o Congresso Nacional que é formado por vários partidos. Eu acho que chegou o momento, isso se o presidente quer se reeleger em 2022 e o PSL também querer ser o partido no poder, o presidente Jair Bolsonaro chamar o presidente do partido no Palácio do Planalto e conversarem e acabar com esse desentendimento entre os dois, porque se continuar vai perder o PSL, o presidente e o pior o Brasil, que estava tão esperançoso nas mudanças que o presidente Jair Bolsonaro começou a fazer. Ainda temos tempo de aparar arestas e se entenderem. O Brasil agradece.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via