Congresso em Foco

Último dia de trabalho das Forças de Defesa de Israel em Brumadinho[fotografo]Divulgação[/fotografo]

Câmara aprova repasse de 12 salários mínimos a vítimas de Brumadinho

04.06.2019 20:35 10

Publicidade

Publicidade

10 respostas para “Câmara aprova repasse de 12 salários mínimos a vítimas de Brumadinho”

  1. Celeste Aida Gontijo disse:

    Israel não fez serviço nenhum . Esse 171 do planalto desceu do avião oficial entrou na sede da vale a criminosa enviou isso para o local . Aumentando nossas despesas para pagarmos . Essa narrativa está equivocada , as pessoas perderam seus entes queridos , amigos , casa , local que residiam , não tem dinheiro que retorne . Estão contaminadas por metais pesados , doentes , sem paz , sem lugar de morar . São muitos que aproveitam as oportunidades enquanto outros sofrem . São frios , calculistas . A vale deixou as despesas para o povo pagar , incluindo aeronaves do SUS , doenças que aparecerão nos bombeiros . E irresponsáveis ainda trouxeram gente de fora , e enviaram os daqui de MG , militares bombeiros ao exterior pra contaminarem mais . Paz aos atingidos . Paz ao ambiente .

  2. Dantas disse:

    Sei que as perdas foram muito grandes para as famílias, e que a quantidade de gente é ínfima para a nação como um todo, mas quem deveria custear essa indenizações era a Vale e não o estado.

  3. Elson Silva, PhD disse:

    AS TRAGÉDIAS DE MARIANA E BRUMADINHO são consequências da falta de atualização das técnicas de mineração. O uso de barragens de contenção de rejeito minerais não causa problemas semelhantes em regiões de baixa intensidade pluviométrica, como nos desertos e climas temperados. O Brasil possui uma intensidade de chuva muito abundante que torna o nosso país uma potência mundial de produção agrícola. A Engenharia de Mineração não conhece a Gênese dos Solos para entender que rocha triturada pode levar milhares de anos para um dia virar um solo comum. QUANTO TEMPO VAMOS FICAR MONITORANDO AS BARRAGES DE REJEITOS MINERAIS? Algum dia todas elas poderão romper e tornar estas tragédias fatos corriqueiros. No Brasil os resíduos minerais precisam ser contidos nas cavidades de extração, retidas por ROCHA MACIÇA ou Concreto Armado. A rocha triturada residual ainda não tem um DESTINO SEGURO a longo prazo para tornar a mineração brasileira uma atividade sustentável.

  4. Elson Silva, PhD disse:

    PARECER TÉCNICO de um Cientista, PhD em Solos nos EUA: A barragem de Brumadinho, e muitas outras, nem deveriam existir por estar na forma geométrica imprópria, CÔNCAVA em vez de CONVEXA, descendente e o material granular a base de rocha triturada não oferece resistência mecânica de longa duração, ainda mais para reter resíduos minerais danosos ao funcionamento do meio ambiente por ser oriundos de rocha bruta que não passou pelo processo natural de intemperização na formação dos solos. Todas as barragens de contenção que não são retilíneas são CONVEXAS, porque as moléculas se aproximam e aumenta a resistência. POR ISSO BRUMADINHO EXPLODIU. É um conhecimento básico da engenharia e PESSOAS LEIGAS quando apertam um ovo e entendem como o formato CONVEXO da casca tão fina DÁ TANTA RESISTÊNCIA A UM SIMPLES OVO.

  5. Elson Silva, PhD disse:

    Dois aviões da Boeing 737 Max 8 caíram em menos de um ano matando 350 pessoas e todos os aviões similares pararam de voar. Avião novo e moderno não pode cair matando as pessoas. O PRESIDENTE DO BRASIL DEVERIA PROIBIR IMEDIATAMENTE QUALQUER USO DE BARRAGEM DE REJEITO DE MINERAIS. Então, a cotação sobe e vai cobrir os custos para uma extração mineral que não comprometa o meio ambiente e nem a vida das pessoas vítimas do atraso tecnológico. Temos que atualizar o processo de mineração para um formato vertical onde os rejeitos dos minerais retornem para as cavidades de extração e não comprometam uma bacia hidrográfica inteira. NÃO PODEMOS DESTRUIR O NOSSO PAIS VENDENDO OS NOSSOS MINERAIS TÃO DISPLICENTEMENTE. RONALDWEISS: “Concordo plenamente. Sou Geólogo e trabalho no maior conglomerado de Mineração, Extração de petróleo, Tuneis, Geotermia, são ao todo mais de 2400 Empresas, nenhuma do Brasil. O atraso no Brasil e grande. Para ter uma ideia uma das Empresas e a CAMECO do canada que domina o mercado mundial de uranio, até agora ZERO de acidente. A Equinor, antes Statoil da Noruega e mais nova que a Petrobras e já e o dobro de tamanho. Em 25/03/2019 Geólogo Ronald Weiss”

  6. Elson Silva, PhD disse:

    CALAMIDADE – um caminhão da Vale pode transportar de uma vez 500 t de rocha e cerca de metade vira resíduo que vai se acumulando e esperando as condições para um dia DESCER a SERRA MINEIRA como um TSUNAMI PASTOSO engolindo VIDAS INOCENTES e extirpando SONHOS. Sou PhD em solos e este material vai levar milhares de anos para virar solo, pois não terá estabilidade neste regime de chuva abundante que torna o Brasil uma potência agrícola. Estamos triturando as nossas montanhas mineiras entre 800 a 1000 m de altitude de forma irresponsável até que as chuvas copiosas liberem este material abundante que só vai parar no oceano como aconteceu em Mariana e Brumadinho. E m tese, todas as barragens de contenção de resíduos minerais vão ruir. Talvez leve décadas ou séculos, mas quem mora perto dos rios no sistema de drenagem da bacia hidrográfica onde tem minerações nas cabeceiras, o perigo é permanente. CAIO AUGUSTO BRUNO: “Excelente observação parabéns”.

  7. Elson Silva, PhD disse:

    TRAGÉDIAS DO BRASIL– Nas boates alguns jovens gostam de fugir sem pagar a conta. Então os empresários lacram tudo e só deixa a saída do caixa. Economizam no material antifogo da esponja de isolamento acústico e ignoram as medidas de segurança. As autoridades falham nas inspeções de segurança e 242 jovens morrem queimados na BOATE KISS quando combinam DIVERSOS EVENTOS NEGATIVOS. As mineradoras trituram as rochas em busca de minérios. A VALE cria uma infraestrutura de estrada de ferro de mais de 500 km para escoar cerca de metade das rochas extraídas e o rejeito fica largado NEGLIGENTEMENTE fora das crateras deixando os refugos minerais escoarem para o oceano pela bacia hidrográfica prejudicando milhares de pessoas. Aloca recursos para a entrega do produto à mais de 500 km e ignora recursos para retornar os rejeitos à menos de 2 km do local de origem, levando ao estouro de barragens tendo quase 300 fatalidades e danos ambientais incalculáveis. É como primatas que comem a banana e joga a casca no chão, deixando a reciclagem por conta da mãe Natureza, como se ROCHA MOÍDA fosse SOLO prontinho para cultivar abobrinha, pior que nem LAMA É. . . . SERÁ QUE VOU PRECISAR DE CRAYON PARA SER ENTENDIDO?

  8. Elson Silva, PhD disse:

    PETRÓLEO e MINÉRIO DE FERRO só para a EXPLORAÇÃO quando acabam. As tragédias da mineração é uma situação que está apenas começando. Dizem pelas estimativas que em menos de 500 anos os combustíveis fósseis se esgotam. Quanto tempo vai levar para esgotar os minérios de ferro do mundo? Se a VALE criou uma estrada de ferro de mais de 500 km até o Porto de Tubarão para escoar cerca de metade da rocha extraída em minério, precisa de uma LOGÍSTICA SIMPLES de menos de 2 km para retornar o refugo rochoso triturado para o local de origem! Seria como primatas que comem a banana e joga a casca no chão deixando que a Natureza faça a reciclagem. A NATUREZA já sabe reciclar resíduos orgânicos da cozinha, por isso criei o IRO (Injetor de Resíduos Orgânicos), mas quantidades maciças de rocha moída em clima chuvoso como rejeitos da mineração é uma situação nova em 4,5 bilhões de anos de existência do nosso planeta!

  9. bOb disse:

    Em vez de criar uma lei que congele um valor imediatamente da conta da empresa que causa uma tragédia a fim de imediatamente ser repassados a todos que forem prejudicados,mas os deputados buscam colocar na conta dos brasileiros e ainda por cima de forma desigual,afinal onde estaria a isonomia se apenas alguns tiverem direito a receber tal valor?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via