Relatora indica inclusão de funcionários da Caixa em vacinação prioritária

Alencar SantanaanálisebancáriosCaixa EconômicaCâmara dos DeputadoscaminhoneiroscategoriasCelina LeãoCongresso Nacionalcovid-19danilo cabraldestaquesdomésticasempresas privadasentregadoresfeirantesfila da vacinafuncionáriosfura filagrupos prioritárioslegislativolobbymotoristaspandemiaPCdoBpressãoprioridadeprojeto de leiPSBPTrelatoratrabalhadores domésticosVacinavacinaçãoVicentinho Júniorvotação
Comentários (5)
Comentar
  • Lucio Alvares Figueira

    Realmente já são tantos os grupos prioritários que já não se sabe mais quem NÃO é prioritário, no caso específico da caixa, posso dizer que os que ficam aglomerados, em situação de penúria, nas portas dos bancos são mais prioritários do que estão lá dentro protegidos por anteparos de vidro e acrílico e ainda tem água, cafe, almoço e lanches e mais o que é necessario para segurança. Estou certo? E quem sabe o que ė certo em meio a esta pandemia colossal! ?

  • Vivibeto Estela de Moraes

    Como se não bastasse o colapso nos hospitais que submetem pacientes às escolhas dos profissionais de saúde entre aqueles que vão viver e aqueles que vão morrer, agora nos deparamos com o congresso nacional decidindo entre aqueles cuja vida é mais prioritária que outras. Definitivamente a vida humana no Brasil não deu certo……

  • Jorge Teixeira Carneiro

    Tem que dar vacina anti-rábica.
    Começando nos sindicalistas.

  • Tim Tim

    Se a justificativa for essa, os carinhas que trabalham nas lotéricas também devem ser prioritários.

    • Lucio Alvares Figueira

      Não se sabe mais quem é e quem não prioritário, tantos são os grupos que surgiram, veja e quem fica aglomerado nas portas dos bancos, sem proteção e nem água para beber será prioritário!?