Especialistas veem agenda ambiental mais ameaçada nos próximos dois anos

ACT Promoção da Saúdefundação avinaglaucia barrosidecIDSISAmaurício guettaObservatório do ClimaPainel Parlamento SocioambientalPaula JohnsSuely Araújoteresa liporaceWWF
Comentários (1)
Comentar
  • Jorge Teixeira Carneiro

    Só nos próximos dois anos.
    Daqui a dois anos volta o nosso Lulladdrão e a ecologia fica uma maravilha.
    Ninguém vai derrubar nem pé de couve na Amazõnia.