Amazônia: 73% do desmatamento para garimpo aconteceu em áreas protegidas

Amazôniaáreas de preservaçãodesmatamentogarimpo ilegalGreenpeaceInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe)terras indígenas
Comentários (8)
Comentar
  • Valdir

    Os maiores detratores da Amazônia são os povos indígenas, aliados às ONG’s e Traficantes Nacionais e Internacionais dos minérios brasileiro.
    Por isso querem impedir que o governo Bolsonaro realize a regularização da Amazônia. Querem que continue como está, terra de ninguém e sem lei!

    • Jorge Teixeira Carneiro

      Imagina quem está ficando com o ouro extraído? Máfias de garimpeiros bancadas por investidores. E os impostos? Nada. E o índio ”dono” da terra? Recebe um Iphone pra ficar de bico calado. Lembra da Natura amiga da Tartaruga Marina?

      • Valdir

        Ô, se lembro!

  • Felix

    É contra a lei mas acontece com o apoio mal disfarçado do ‘governo’ que propositalmente não fiscaliza adequadamente, estimula os infratores e não pune os criminosos. É esse o mundo em que queremos viver?

    • Alexandre

      Só que quem permite a mineração ilegal são os próprios indígenas.

      • Felix

        O que não faz ela menos ilegal!
        Não é à toa que temos na lei um estatuto que estabelece os direitos das populações indígenas no país. O índio está sob tutela o que significa que é considerado, perante a lei, como se fosse “menor de idade”, portanto, incapaz de responder pelos seus atos.

  • Jorge Teixeira Carneiro

    Deixem os minérios dentro da terra. A terra é sagrada para os índios. E aumentem o valor do bolsa família e a quantidade mensal de cestas básicas as quais os índios tem direito.

    • Alexandre

      Conversa fiada! Os próprios indígenas permitem essa mineração ilegal em suas terras. Você não leu a matéria?