Com MEC ausente, Congresso assume protagonismo na pauta da educação

Abraham WeintraubCarlos FávaroeducaçãoFlávio ArnsFundebluisa canzianiMECMilton RibeiroMinistério da Educaçãoprofessor israel batistaProfessora DorinhaRevalida
Comentários (2)
Comentar
  • RômuloJ. Vieira

    E a posição de nº 65 do Brasil numa lista de 68 países no exame PISA continua, lamentável em todos os aspectos, será que essa posição ridícula foi conseguida nesse governo?…É herança do estilo Paulo Freire de ensinar, e ai de quem se posicionar ao contrário, se não mudarmos radicalmente a maneira de ensinar, vamos ficar sempre nessa lanterna!!

    • Jorge Teixeira Carneiro

      Não acredito que seja culpa do Método Paulo Freire. Paulo Freire não pode ser tão ruim assim. É culpa do Método PT de educação, onde o que importa é se manter no poder a qualquer custo. É a eterna escrotice do estado ”brazileiro”