STF conclui julgamento sobre criminalização do não recolhimento do ICMS

Alexandre de Moraescármen lúciaedson fachinGilmar MendesICMSLuís Roberto BarrosoLuiz Fuxmarco aurélio melloRicardo Lewandowskirosa weberSTFtribunal de justiçatributos
Comentários (4)
Comentar
  • Reginaldo Lucia

    Se mora em mansão ou em casebre recebeu dinheiro do imposto e não repassou, é roubo! Como sempre os 3 defensores de bandidos foram contra. Faltou o petralha Tofoli.

  • ALMANAKUT BRASIL

    TJ-PE paga R$ 1,3 milhão a juíza e ministro pede explicação – (Estadão Conteúdo/Terra – 13/12/2019)

    No topo da lista dos grandes subsídios do Tribunal de Justiça de Pernambuco está a juíza Marylusia Pereira Feitosa de Araújo, que recebeu nada menos que aumento de 2.432% de contracheque a título de vantagens. Ao todo, a magistrada desembolsou R$ 1,3 milhão em rendimentos brutos. Com descontos, a folha de pagamentos caiu para R$ 853 mil. Ao todo, 327 juízes e desembargadores receberam acima do teto constitucional de R$ 39,2 mil. Destes, 213 funcionários receberam mais de R$ 100 mil.

    Servidores do judiciário recebem duas férias por ano – (Estado de Minas – 30/06/2011)

    São os únicos no país a ter um direito que nenhum outro trabalhador tem: duas férias por ano, de 30 dias cada, com um terço de salário por período.

    https://uploads.disquscdn.com/images/f82bb7e3eea7bf4d35b5f9e988363b2c5bba4937c13ee3720bac5b658ffe5648.png

    • ALMANAKUT BRASIL

      Não existe democracia plena, quando se tem um poder em que idiota não vota.

      Eles são nomeados pela CORJA, para defender a própria CORJA. –