Ministros generais querem militares fora da reforma da Previdência: “É uma categoria muito marcante, de farda”

Carlos Alberto dos Santos CruzFernando Azevedo e Silvagastos públicosJair BolsonaromilitaresPaulo Guedesprevidênciareforma da previdência
Comentários (7)
Comentar
  • Fernando Magno

    Tem que bater o bigolim na mesa e exigir a constitucional auditagem da Dívida Pública, mais energia aos devedores da Previdência. Ora, não é pq a Varig foi pro saco, que vai se deixar de cobrar. E devendo considerar outros gigantes devedores… Têm muito gigante ganhando dinheiro e não pagando o que deve a Nação.
    Depois de executadas essas medidas, aí se discutiria um possível rateio.

  • Antonio Carlos Jr Zamith

    Tem que ser para todos ou ninguém ou queimar a maldita socialista e corrupta CF88. São R$43 bilhões /ano e vai crescer de rombo na previdência militar federal. Os estados estão na pior.

  • Jr Martins

    O discurso do déficit da Previdência é terrorismo social e está ligado a Desvinculação de Receitas da União (DRU), sendo um mecanismo que permite ao governo federal usar livremente 30% de todos os tributos federais vinculados por lei até 2023 e com este mecanismo o “saque” pode chegar a R$ 120 bilhões ao ano, reforçando o caixa da união.
    Na prática, permite que o governo aplique os recursos destinados a áreas como educação, saúde e previdência social em qualquer despesa considerada prioritária e na formação de superávit primário. A DRU também possibilita o manejo de recursos para o pagamento de juros da dívida pública. Portanto, a DRU é um sistema perverso que prejudica a melhoria da saúde, previdência e assistência social.

  • Leonardo

    A conta é do país inteiro e está negativa nesse nível justamente por privilégios como os da classe militar. Entre 2009 e 2015 o saldo previdenciário do setor privado era superavitário. A bola de ferro sempre esteve nos benefícios graúdos do setor público, incluindo as gordas mamatas do militarismo. Vão ter que pagar a conta junto sim!!!!!!!!!!!

  • Dila Costa

    Eu respeito muito os militares que estão na rua honrando suas fardas, promovendo a segurança, a ordem,a paz do país, muitos inclusive arriscando a própria vida para salvar as do outros. Mas quando eles abrem uma porta para entram pra política, a honra, a integridade e a honestidade deles saem pela outra.

  • luciano damiao

    Acabou a mamata, das filhas pensionista de militares mamarem nas tetas do Governo..

  • Vivi Giarti

    Não concordo!!!!! Todos vão dividir a conta!!!!!