Ministro do trabalho, Onyx Lorenzoni, quer “pejotização” e 15 milhões de MEIs

desempregoíndicesMicroempreendedorMinistro do TrabalhoOnyx LorenzoniPJtaxa
Comentários (0)
Comentar